0

Samsung lança 'smart watch' Android durante evento do Google

Relógios da Samsung e LG começam a ser vendidos hoje e são os primeiros com Android Wear

25 jun 2014
14h55
atualizado às 20h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
LG G Watch e Samsung Gear Live entram à venda na Google Play
LG G Watch e Samsung Gear Live entram à venda na Google Play
Foto: Reprodução/TechCrunch

A Samsung apresentou nesta quarta-feira um novo "smart watch" Android durante a conferência de desenvolvedores do Google, a Google I/O, em São Francisco (Estados Unidos).

Chamado de Samsung Gear Live, ele já está disponível para compra na Google Play nos Estados Unidos por US$ 199. Ele tem tela com Super AMOLED, é à prova d’água e poeira, e vem nas cores preta e vermelha com uma pulseira que pode ser trocada. Tem processador de 1.2 GHz, monitor de batimentos cardíacos e pode ser sincronizado com qualquer dispositivo Android que rode a versão 4.3 ou superior.

Junto com o "smart watch" da Samsung, também foi lançado na loja do Google o LG G Watch, anunciado pela sul-coreana em março deste ano. O relógio da LG tem também um processador de 1.2 GHz, é à prova d’água e poeira, tem tela de 1.65 polegada com tecnologia IPS para cores mais vivas e também virá em duas cores: preta e branca com detalhes dourados. A pulseira também é removível. O G Watch tem bateria de 400 mAH, também é compatível com dispositivos Android 4.3 e superiores, e custa US$ 229 nos Estados Unidos. Segundo comunicado da empresa, em breve o gadget estará disponível em outros 27 mercados, incluindo o Brasil.

Android Wear
Ambos os dispositivos serão os primeiros do mercado a terem o software Android Wear, criado especialmente para os relógios inteligentes. Em março, o Google havia anunciado uma prévia do sistema para desenvolvedores, mas agora está lançando o kit de desenvolvimento completo.

Durante a conferência, o diretor de engenharia do Google, David Singleton, apresentou alguns recursos que o software pode oferecer para os usuários. Os relógios poderão mostrar notificações, vibrar quando há ligações, tocar música, medir os batimentos cardíacos e contar os passos dados. Os aplicativos ficam totalmente sincronizados entre o gadget "vestível" e o celular. Por exemplo: se uma notificação é ignorada no relógio, ela também desaparece da tela do smartphone.

Moto 360, o primeiro smartwatch da Motorola
Moto 360, o primeiro smartwatch da Motorola
Foto: Motorola / Divulgação

Um recurso importante é o comando de voz no relógio. No evento, o executivo conseguiu programar um alarme, pedir uma pizza e pagá-la, navegar pelo Google Maps, pedir um carro e tocar música, todas as atividades iniciadas pelo comando de voz “Ok Google”, sem precisar tocar na tela do smart watch.

O Android Wear poderá suportar apps criados para relógios retangulares e redondos. O Moto 360, anunciado pela Motorola em março, é o primeiro smart watch redondo com o sistema operacional e foi utilizado durante a demonstração no evento, mas só estará disponível para venda durante o verão no Hemisfério Norte, segundo Singleton. É esperado que ele seja lançado nos próximos meses.

Do “tijolão” ao smartphone: veja 40 anos de evolução Do “tijolão” ao smartphone: veja 40 anos de evolução

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade