2 eventos ao vivo

Grande SP tem 86% das residências aptas para TV digital

31 jan 2017
17h19
atualizado às 17h19
  • separator
  • 0
  • comentários

O Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired) manteve o cronograma de encerramento do sinal de TV analógico em São Paulo no dia 29 de março, em reunião ocorrida hoje (31).

O total de domicílios com aparelho de televisão que não tinham antena parabólica, nem TV por assinatura, nem  digital aberta passou de 28,5%, em 2013, para 23,1%, em 2014, e chegou a 19,7%, em 2015 -
O total de domicílios com aparelho de televisão que não tinham antena parabólica, nem TV por assinatura, nem digital aberta passou de 28,5%, em 2013, para 23,1%, em 2014, e chegou a 19,7%, em 2015 -
Foto: Agência Brasil

De acordo com pesquisa do Ibope divulgada ontem (30) pelo presidente do Gired e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, 86% dos domicílios de São Paulo e dos municípios vizinhos estão aptos para a migração da TV analógica para a TV digital.

A pesquisa constatou também que 95% da população de São Paulo ouviu falar em sinal da TV digital, enquanto no entorno o índice foi de 98%. No entanto, a pesquisa indicou que 88%  das famílias (87% na capital e 88% no entorno), têm o conhecimento de que a TV analógica será desligada.

O Ibope realizou, entre os dias 13 e 25 de janeiro deste ano, 1.078 entrevistas em São Paulo, e 1.652 no entorno. A amostra considerou domicílios da área urbana e rural das regiões pesquisadas. Toda a área conta com 6,8 milhões de residências, sendo 4 milhões em São Paulo e 2,8 milhões no entorno.

Veja também:

 

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade