0

Governo italiano planeja criar rede de banda larga única independente da Telecom Italia, diz fonte

28 jul 2020
10h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O governo da Itália está estudando um plano para criar uma única rede de banda larga ultrarrápida que inicialmente poderia ser de propriedade majoritária da Telecom Italia, mas concederia acesso igual a todos os participantes do mercado, disse uma pessoa próxima do assunto à Reuters.

23/06/2017
REUTERS/Alessandro Bianchi
23/06/2017 REUTERS/Alessandro Bianchi
Foto: Reuters

Roma está tentando intermediar um acordo entre a Telecom Italia e a Open Fiber, controlada pela concessionária Enel e pelo CDP, para mesclar seus ativos de fibra e criar uma potêncial nacional no setor.

Porém, diferenças em questões como governança e regulamentação criaram um impasse.

A Telecom Italia, que tem um braço de varejo e atacado, disse repetidamente que deseja manter o controle de qualquer entidade resultante da fusão com a Open Fiber, enquanto as regulamentações europeias favorecem a adoção de um modelo não integrado verticalmente que não tenha o controle da Telecom Italia.

Para encerrar o impasse, o ministro da Economia Roberto Gualtieri pediu a TIM e Enel para assinar um memorando de entendimento (MOU) até o final de julho, informou a Reuters exclusivamente em 11 de julho.

A governança da futura rede única deve ser estruturada para garantir "sua independência do titular", disse a fonte.

A fonte disse que Roma estava se inspirando no modelo da Openreach usado no Reino Unido e, ao mesmo tempo, mantendo a estrutura de propriedade da rede aberta a outras operadoras.

"Os próximos dias serão cruciais", disse a fonte.

Segundo a proposta do governo, ainda a ser finalizada, outras operadoras de telefonia seriam convidadas a investir na rede única, disse a fonte, acrescentando que a Telecom Italia estava pronta para aceitar essa condição.

Roma aumentou a pressão para criar uma única rede depois que a Telecom Italia iniciou negociações com o fundo de private equity americano KKR sobre a venda de 40% de sua rede secundária, de cobre e fibra, que poderia se tornar o embrião de uma única rede.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade