PUBLICIDADE

Google planeja remover YouTube de novos dispositivos Roku em dezembro

Disputa entre Google e Roku levou à remoção do YouTube TV em abril e deve resultar na suspensão do app principal da plataforma de vídeos em dezembro

21 out 2021 17h02
ver comentários
Publicidade

A briga entre Google e Roku deve levar à remoção do app do YouTube da plataforma streaming. As empresas falharam em chegar a um consenso sobre a parceria que permite aos usuários acessarem serviços da dona do buscador em dispositivos Roku. O contrato firmado entre as companhias termina em dezembro.

Novos produtos e planos da Roku devem vir sem o YouTube, após desavença com Google
Novos produtos e planos da Roku devem vir sem o YouTube, após desavença com Google
Foto: Darlan Helder/Tecnoblog / Tecnoblog

Nesta quinta-feira (21), a Roku resolveu publicar uma nota atualizando seus clientes sobre a disputa com o Google. As empresas não se entendem desde abril deste ano, quando o serviço de streaming baniu o aplicativo do YouTube TV de seu catálogo por não chegar a um acordo com o buscador.

Em nota, a Roku afirmou mais uma vez que o Google queria um tratamento especial dentro da plataforma, em um acordo que previa a alteração de resultados de pesquisa e acesso aos dados dos usuários, algo que nenhum outro parceiro do streaming tem direito de fazer.

O Google negou as alegações da Roku e rebateu, ao afirmar que os comentários eram "improdutivos e não se baseavam em fatos concreto". A companhia diz que apenas queria a renovação de seu contrato com a Roku.

A parceria entre Google e Roku termina em dezembro deste ano e, se as partes não se entenderem até lá, o YouTube será removido do streaming. Em comunicado, o Google confirmou que sua plataforma de vídeos poderia deixar o catálogo, mas mencionou que usuários que já têm conta e acesso não serão afetados.

Remoção do YouTube não afeta atuais usuários do Roku

Confira a reposta do Google:

"Desde o início de nossas negociações com a Roku no começo do ano, nós continuamos a trabalhar com eles para encontrar uma resolução que beneficie clientes das duas empresas. A Roku novamente escolheu fazer alegações improdutivas e sem base factual alguma, ao invés de trabalhar construtivamente conosco. Como nós não conseguimos continuar a dialogar em boa fé, nossa parceria com novos dispositivos da Roku deve acabar em 9 de dezembro. Contudo, nós daremos à Roku a habilidade de continuar distribuindo tanto o YouTube TV quanto o Youtube para usuários já cadastrados para assegurar que eles não sejam afetados pela mudança."

Depois que o YouTube TV foi banido, usuários da Roku passaram a usar o próprio app do YouTube para acessar o serviço de streaming e lives do Google. Mas agora, com a remoção da plataforma principal, clientes devem recorrer a outros serviços para verem vídeos da rede social na tela grande.

A remoção do YouTube deve provocar um grande impacto no serviço da Roku. De acordo com o analista Rich Greenfield, da consultoria digital LightShed, consumidores gastam mais tempo assistindo vídeos da plataforma do Google na TV do que navegando por outros serviços de streaming: é o segundo app mais usado em dispositivos de TV.

Com informações: 9to5Google

Google planeja remover YouTube de novos dispositivos Roku em dezembro

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade