2 eventos ao vivo

Google enfrentará críticas sobre publicidade em painel do Senado dos EUA

15 set 2020
09h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Google, de propriedade da Alphabet, será questionado sobre seu negócio de publicidade em uma audiência nesta terça-feira, com um foco particular sobre o uso indevido pela empresa de seu domínio no setor de publicidade online para gerar lucros.

REUTERS/Mike Blake
REUTERS/Mike Blake
Foto: Reuters

O senador Mike Lee, um republicano e presidente do painel antitruste do Comitê Judiciário do Senado dos Estados Unidos, também deve pressionar o Google por alegações de que é pouco claro na definição dos preços de serviços de publicidade, como reclamam seus críticos.

Espera-se que Lee expresse preocupação de que o Google possa ter infringido a lei antitruste dos EUA, disse uma fonte próxima ao painel.

O gigante da tecnologia fez uma série de aquisições, incluindo a DoubleClick e a AdMob, para ajudar a se tornar o player dominante na publicidade online. O Google mantém um controle rígido sobre cada uma das muitas etapas entre quem deseja publicar um anúncio e um site que deseja hospedá-lo.

O painel ouvirá Don Harrison, que assumiu o comando de desenvolvimento corporativo do Google, que supervisiona as parcerias de publicidade com outras empresas, em 2012.

Harrison, que depôs em um momento em que o Google tem poucos amigos em Washington, argumentará que o ecossistema de tecnologia de publicidade é saturado e competitivo, com a Amazon e o Facebook entre os poderosos rivais do Google.

Harrison também deve argumentar que a publicidade é fundamental para apoiar sites gratuitos, incluindo a ferramenta de pesquisa do Google.

Os críticos do Google dizem que a empresa usa sua ferramenta de pesquisa para divulgar seus serviços de compras, de mapas e outros, em vez de dar respostas neutras. Outros alegam que o Google favorece injustamente seus serviços no sistema operacional Android.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade