PUBLICIDADE

Google desiste de Material Design para iPhone e adota interface da Apple

Interfaces de aplicativos do Google para iPhone e iPad podem ficar mais integradas e próximas de elementos visuais do iOS

12 out 2021 11h59
ver comentários
Publicidade

Google vai deixar os componentes do conceito Material Design de lado em seus aplicativos para iPhone e iPad. No lugar, os apps da companhia vão ficar mais próximos dos elementos visuais do iOS (UIKit). Espera-se que os softwares para o sistema operacional para dispositivos móveis da Apple fiquem mais "nativos".

Widget do Gmail para iOS 14
Widget do Gmail para iOS 14
Foto: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog / Tecnoblog

O anúncio partiu de uma publicação no Twitter feita por Jeff Verkoeyen, chefe de engenharia da equipe de design para plataformas da Apple. "Este ano, minha equipe mudou as bibliotecas de componentes de código aberto do Material para iOS para o modo de manutenção", disse. Depois, ele informou mais detalhes sobre a mudança.

Desde o lançamento do Maps para iOS, em 2012, sua equipe oferece suporte à criação e manutenção de componentes de interfaces compartilhadas no Google. "Isso nasceu originalmente da necessidade de preencher lacunas na linguagem de design do UIKit", disse. Mas, com o tempo, os componentes foram se afastando das bases da Apple lentamente conforme o sistema para iPhone e iPad evoluía. 

Aplicativo do YouTube para iPhone (iOS) (
Aplicativo do YouTube para iPhone (iOS) (
Foto: Tecnoblog / Tecnoblog

Google: apps terão elementos visuais mais próximos do iOS

Verkoeyen explica que sua equipe começou a avaliar o que significa "construir uma experiência Google marcante nas plataformas da Apple" nesse ano. Essa análise consistiu no confronto de duas questões: "utilidade" e "pontos-chaves da marca". Os componentes necessários para alcançar estes objetivos também foram avaliados. 

"Essa evolução de como abordamos o design para plataformas Apple nos permitiu casar o melhor do UIKit com os destaques da linguagem de design do Google", afirmou. "O resultado? Muitos componentes personalizados simplesmente não são mais necessários. E os que são, agora recebem mais atenção e foco."

Mas o chefe de engenharia não deixou os impactos da mudança no dia a dia dos usuários muito claros. Uma das apostas é de que os apps vão ficar mais integrados e parecidos com a linguagem visual do iOS, sem tomar para si elementos do Android e do Material Design. Os desenvolvedores também terão menos trabalho ao prepará-los.

Com informações: Jeff Verkoeyen (Twitter)The Verge

Google desiste de Material Design para iPhone e adota interface da Apple

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade