4 eventos ao vivo

Google Chrome estende suporte a Windows 7, usado em 22% das empresas

O fim do suporte do Google Chrome para o Windows 7 significa que o navegador não receberá mais atualizações, nem de segurança

20 nov 2020
17h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Se você ainda está usando o Windows 7 e gosta do Chrome, saiba que o navegador ganhou um ano extra de suporte para este sistema operacional. O plano inicial do Google era de encerrar a compatibilidade de novas versões já em 2021, mas os efeitos da pandemia de COVID-19 nas empresas fez o gigante das buscas mudar de ideia.

Chrome rodando no Windows 10 (Imagem: reprodução/Chrome)
Chrome rodando no Windows 10 (Imagem: reprodução/Chrome)
Foto: Tecnoblog

Não faz muito tempo desde que o Google anunciou o fim do suporte do Chrome no Windows 7 para o dia 15 de julho de 2021. O objetivo continuava traçado, mas o setor de TI das empresas sofreu alguns impasses da pandemia deste ano, e isso também afetou o cronograma de atualização do sistema operacional da Microsoft.

Por conta disso, o Google adicionou mais seis meses para o prazo anterior e colocou o fim do suporte do Chrome para Windows 7 em 15 de janeiro de 2022. Um estudo utilizado pela empresa para dar embasamento para a nova data, aponta que 78% de todas as empresas do mundo já migraram seus PCs para o Windows 10, enquanto 21% estão em processo de atualização e 1% ainda começarão este trabalho em breve.

"Nossa esperança é que essa extensão forneça aos nossos clientes corporativos a flexibilidade que precisam para continuar a dar suporte à sua força de trabalho, enquanto deixam o Windows 7 conforme sua situação permitir", diz o Google em comunicado.

O que significa o fim do suporte do Chrome no Windows 7

Originalmente o Google deu 18 meses extras para o suporte ao Chrome no Windows 7 a partir da data de término da vida útil pela Microsoft. Agora, com a nova data, o navegador para a plataforma não receberá mais qualquer atualização após janeiro de 2022 - seja para algum recurso novo, ou então para correção de segurança na navegação.

Este movimento não é inédito no gigante das buscas, que encerrou o suporte do Chrome para Windows XP em 2016, enquanto o lado da Microsoft fez o mesmo para o sistema operacional em 2014.

Se você ainda precisa do Windows 7 por algum motivo, é possível utilizar o Edge com base em Chromium como alternativa - ou então o Firefox.

Com informações: 9to5Google.

Google Chrome estende suporte a Windows 7, usado em 22% das empresas

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Tecnoblog
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade