1 evento ao vivo

Galaxy Z Fold 2: Samsung dá nova chance para o celular dobrável

O novo dobrável tem tela maior e promete maior durabilidade

5 ago 2020
13h18
atualizado às 13h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O smartphone dobrável Galaxy Fold, lançado no ano passado, já tem um sucessor. A Samsung anunciou durante evento online nesta quarta-feira, 5, o Galaxy Z Fold 2, que tenta trazer melhorias em relação ao primeiro flexível da marca. Assim como o Fold, o novo celular também dobra na horizontal, lembrando o visual de um livro.

Logo de cara, a primeira diferença do Galaxy Z Fold 2 é o tamanho da tela: quando fechada, ela tem 6,2 polegadas (mais parecida com um smartphone comum) e aberta tem tamanho de 7,6 polegadas. São telas maiores que o Galaxy Fold, que tem 4,6 polegadas fechado e 7,3 polegadas aberto.

Segundo a empresa, o celular traz "a tecnologia de tela flexível mais avançada". A durabilidade dos aparelhos dobráveis é um ponto sensível para a empresa: no ano passado, o Fold teve sua estreia adiada depois que apresentou defeitos em suas telas, durante testes com jornalistas e influenciadores. Depois disso, a Samsung fez mudanças na estrutura do aparelho, reforçando a dobradiça e protegendo a camada plástica da tela.

No novo celular, a empresa substitui a tela de plástico para um vidro flexível — algo que já tinha sido feito no Galaxy Z Flip, smartphone dobrável que, diferentemente da linha Fold, dobra na vertical, resgatando a ideia dos antigos celulares de flip.

O Galaxy Z Fold 2 terá bateria de 4.500 mAh e processador Snapdragon 865 Plus, topo de linha da Qualcomm. O celular estará disponível nas cores preto e bronze.

A empresa ainda não anunciou preços e data de lançamento do aparelho — mais informações sobre o celular serão divulgadas em setembro. No evento desta quarta, a empresa também anunciou os seus novos topos de linha Galaxy Note 20 e o Galaxy Note 20 Ultra.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade