2 eventos ao vivo

Galaxy Z Fold 2 chega ao Brasil por R$ 14 mil

O preço alto segue a tendência do lançamento do primeiro smartphone dobrável da Samsung, o Galaxy Fold, que foi anunciado em janeiro no Brasil por R$ 13 mil

26 out 2020
13h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O novo celular dobrável da Samsung chegou ao mercado brasileiro. A empresa anunciou nesta segunda-feira, 26, que o Galaxy Z Fold 2 será vendido no País por R$ 14 mil — o aparelho já está disponível na pré-venda e as vendas oficiais começam no dia 13 de novembro.

O preço alto segue a tendência do lançamento do primeiro smartphone dobrável da Samsung, o Galaxy Fold, que foi anunciado em janeiro no Brasil por R$ 13 mil. O Galaxy Z Fold 2 chegou ao mercado americano em setembro por US$ 2 mil.

Na pré-venda, quem comprar um Galaxy Z Fold 2 levará o fone de ouvido sem fio Galaxy Buds Live e o relógio Galaxy Watch 3 no pacote.

Assim como seu antecessor, o Galaxy Z Fold 2 funciona como uma espécie de tablet que dobra na horizontal, mas o novo modelo traz melhorias no design e em recursos multitarefas, além de prometer maior resistência. O aparelho também traz a tecnologia 5G.

O Galaxy Z Fold 2 tem tela de 7,6 polegadas quando aberto e, quando fechado, parece um smartphone comum, com 6,2 polegadas. À primeira vista, essa é a maior mudança: o primeiro Galaxy Fold assumia o tamanho de 4,6 polegadas quando dobrado, dimensões estranhas para quem está acostumado a manusear um smartphone tradicional. Outra diferença visível no design é o espaço para câmera frontal, que no Fold era como uma faixa preta. Agora no Z Fold 2 é um "buraco" na tela.

A câmera frontal do Z Fold 2 é de 10 MP, enquanto a câmera traseira possui três lentes de 12 MP. É possível também tirar selfies usando as lentes traseiras, por meio de um preview na tela.

Além de poder ser usado completamente fechado ou aberto, o Z Fold 2 também funciona no meio termo, dobrado entre 75º e 115º. Esse modo flexível pode ser usado para posicionar o celular para fotos e também para assistir um vídeo e deixar parte da tela só para comandos, por exemplo.

A bateria é de 4.500 mAh, com carregamento rápido. O aparelho está disponível em duas cores, bronze (uma aposta da Samsung também para a linha do Note 20) e preto, com 12 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento.

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade