PUBLICIDADE

Fiat 500e é lançado no Brasil; carro elétrico tem autonomia de 320km

Stellantis lança novo Fiat 500e elétrico no Brasil com preço alto; veículo suporta carregamento rápido ou com tomadas convencionais

3 ago 2021 18h52
ver comentários
Publicidade

A Stellantis anunciou a chegada do novo Fiat 500e ao Brasil. O compacto da marca tem motor 100% elétrico com autonomia para rodar 320 km e suporte a recarga em tomadas convencionais de 110v ou 220v. No entanto, trata-se de um carro para poucos: o preço é bem salgado, e o veículo será comercializado em poucas cidades.

Novo Fiat 500e elétrico
Novo Fiat 500e elétrico
Foto: Divulgação/Stellantis / Tecnoblog

Fiat 500e tem autonomia para 320 km e recarga

Quando se fala de carro elétrico, uma das coisas mais importantes é a autonomia e recarga: num veículo a combustão basta ir à um posto de gasolina para preencher o tanque em questão de minutos, enquanto um modelo eletrificado exige conexão à uma tomada.

A Fiat apresenta o 500e como um carro elétrico para uso urbano, com autonomia média de 320 quilômetros por recarga. Em condições ideais, com temperatura média de 25º C e direção com velocidade média constante de 60 km/h, a bateria pode aguentar até 460 km.

A autonomia do Fiat 500e depende do modo de condução, que é escolhido pelo motorista:

  • Modo Normal: experiência mais próxima de veículos tradicionais a combustão, com todo o torque e potência do motor disponíveis e desaceleração com efeito de freio motor;
  • Modo Range: o freio passa a ser usado apenas para emergências ou parar completamente o carro (maior economia em comparação com o Modo Normal);
  • Modo Sherpa: a opção mais econômica; a velocidade máxima fica limitada a 80 km/h e o ar condicionado e sistemas de aquecimento de vidros e retrovisores ficam desativados, garantindo o mínimo de consumo para alcançar a próxima estação de recarga.

Dentre os destaques, o 500e também conta com frenagem regenerativa, o que garante recarga de energia pelo próprio veículo em trânsito. O motor elétrico tem 87 kW, o que equivale a um motor a combustível com 118 cavalos de potência a 4.200 RPM.

Motor elétrico do novo Fiat 500e
Motor elétrico do novo Fiat 500e
Foto: Divulgação/Stellantis / Tecnoblog

O Fiat 500e demora apenas 9 segundos para atingir de zero a 100 km/h, e possui retomada de 60km/h a 100km/h em 4,8 segundos. O motor é silencioso, e para evitar acidentes com pedestres e ciclistas o carro conta com um Sistema de Alerta Acústico de Veículos (AVAS) - o legal é que o carro passa a tocar o clássico Amacord, de Nino Rota, quando a velocidade ultrapassa a marca de 25 km/h.

A bateria do Fiat 500e tem garantia de oito anos ou 160 mil km (o que vier primeiro). A vida útil do produto não foi divulgada, nem o valor de substituição do equipamento após o período máximo de utilização.

Fiat 500e suporta tomadas comuns e carregadores rápidos

Existem duas formas de carregar o Fiat 500e: a primeira delas é com o cabo padrão incluído no veículo, com 6 metros de comprimento e que se conecta à uma tomada brasileira convencional de três pinos em 110v ou 220v. Trata-se de uma grande vantagem, uma vez que diversos carros elétricos exigem carregadores proprietários. Nessa modalidade, a recarga completa leva aproximadamente 24 horas.

Cabo carregador do Fiat 500e se conecta à tomadas comuns
Cabo carregador do Fiat 500e se conecta à tomadas comuns
Foto: Divulgação/Stellantis / Tecnoblog

O Fiat 500e também é compatível com recarga rápida através de carregadores Wallbox com plugue europeu. O veículo suporta até 85 kW de energia; com essa quantia, cinco minutos conectados garantem autonomia para 50 quilômetros na cidade, e com 35 minutos a bateria chega a 80%. De acordo com a fabricante, a modalidade da recarga (rápida ou lenta) não interfere na vida útil da bateria.

A Fiat afirma que o custo de recarga pode variar de acordo com a bandeira tarifária e com o estado do proprietário, mas aponta que dependendo do local é possível completar a bateria com apenas R$ 35.

A montadora também trabalha para expandir pontos de recarga elétrica ao longo do país, e afirma que mantém uma parceria que garante a utilização gratuita de 250 eletropostos de 10 estados, presentes em estacionamentos, shoppings e supermercados.

4G da TIM garante conectividade ao Fiat 500e

Assim como outros modelos da Stellantis, o Fiat 500e também é conectado graças a uma parceria com a TIM. O veículo conta com a plataforma Connect Me (a mesma da Nova Toro 2022) que garante atualizações remotas, alertas de manutenção e controle remoto do carro através da Amazon Alexa ou de um app para smartphone.

Interior do Fiat 500e
Interior do Fiat 500e
Foto: Divulgação/Stellantis / Tecnoblog

É possível contratar um pacote de dados para habilitar Wi-Fi veicular. A central multimídia de 10,25 polegadas conta com um sistema de mapas da Tomtom, que estima se a autonomia da bateria é suficiente para a chegada no destino indicado pelo condutor.

Central multimídia do novo Fiat 500e
Central multimídia do novo Fiat 500e
Foto: Divulgação/Stellantis / Tecnoblog

A central também permite o espelhamento de smartphones sem-fio com os padrões Apple CarPlay e Android Auto, e também conta com conectividade Bluetooth, USB e rádio AM/FM.

Fiat 500e elétrico: preço e disponibilidade

Há apenas uma versão do 500e disponível no Brasil, Icon, que estará disponível nas cores cinza fosco, verde, branco e preto. Não é uma compra para todos: a Stellantis cobrará R$ 239,9 mil pelo carro elétrico, que entra em pré-venda nesta quarta-feira (3). Os 20 primeiros compradores levarão um carregador Wallbox da WEG.

Frente do Fiat 500e elétrico
Frente do Fiat 500e elétrico
Foto: Divulgação/Stellantis / Tecnoblog

A comercialização do Fiat 500e estará restrita a apenas 10 concessionárias de nove cidades brasileiras - duas delas estão em São Paulo. Por enquanto, não há planos para expandir para outros locais, e a montadora espera vender 120 unidades no mercado nacional até o final de 2021.

Fiat 500e é lançado no Brasil; carro elétrico tem autonomia de 320km

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade