0

Redes podem ser multadas por conteúdos pornô ou de violência

De acordo com novas regras do Reino Unido, a punição pode chegar a até 5% da receita das empresas de tecnologia, e em alguns casos os serviços podem ser suspensos

12 ago 2019
15h20
atualizado às 16h12
  • separator
  • 0
  • comentários

Facebook, Instagram e YouTube podem pagar multas em breve por não removerem conteúdos tóxicos de suas plataformas. O governo do Reino Unido disse nesta segunda-feira, 12, que novas regras punirão empresas de tecnologia, a partir do ano que vem, caso elas não protejam usuários desse tipo de conteúdo – a multa pode chegar a até 5% da receita da companhia, e em alguns casos os serviços podem ser suspensos. A informação é do site Cnet.

O Facebook anunciou que vai mudar o nome do Instagram e do WhatsApp
O Facebook anunciou que vai mudar o nome do Instagram e do WhatsApp
Foto: Getty Images / PureBreak

O governo pretende prevenir a disseminação de conteúdos sobre violência, abuso infantil ou pornografia. Em um primeiro momento, a Ofcom, agência do governo do setor de telecomunicações, será responsável por fiscalizar se as empresas de tecnologia estão removendo esse tipo de conteúdo de suas plataformas. O governo anunciou em abril que está prevista a criação de uma autoridade regulatória independente para o assunto no futuro.

"Essas novas regras são um primeiro passo importante na regulação de compartilhamento de vídeos online, e trabalharemos junto com o governo para implementá-las", disse um porta-voz da Ofcom em comunicado.

No ano passado, o debate sobre conteúdos inapropriados em redes sociais aumentou após o suicídio da jovem britânica Molly Russell - seus pais afirmam que a morte da adolescente foi incentivada por imagens que estavam nas redes sociais Instagram e Pinterest.

Veja mais:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade