4 eventos ao vivo

Facebook e Google dão dicas de proteção para os usuários

Empresas de tecnologia tentam entender e passar aos seus usuários como avaliar e encarar os possíveis ataques de hackers

10 set 2014
12h20
atualizado às 13h10
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em uma das ações de segurança, o Google indica o usuário para fazer o logout de sua conta do Gmail
Em uma das ações de segurança, o Google indica o usuário para fazer o logout de sua conta do Gmail
Foto: Google / Divulgação
O vazamento de fotos íntimas de celebridades na semana passada mostra que qualquer pessoa, independentemente do tipo de conteúdo que carrega em seu celular, computador ou tablet, pode ser alvo de ataques de hackers.

Ao mesmo tempo em que os hackers estão cada vez mais avançados, com novos códigos e formas de atuar, as empresas de tecnologia tentam entender e passar aos seus clientes como avaliar e encarar os riscos.

Dicas do Google
O Google, por exemplo, sugere que o usuário faça uma checagem em quatro etapas para evitar esse tipo de problema. A primeira delas é criar uma senha forte, misturando números e letras maiúsculas com minúsculas. Datas de aniversário são senhar muito fracas e convém criar senhas diferentes para sistemas diferentes (uma para o e-mail, outra para a rede social, uma terceira para disco virtual etc.)

A segunda checagem que o usuário deve fazer é se policiar para sempre sair, ou seja, fazer logout, depois de acessar contas em aparelho de terceiros. Neste caso, a companhia lembra que apenas fechar a janela ou aba do navegador não finaliza o acesso e a próxima pessoa que abrir o browser pode ter acesso às informações.

Outro passo importante para evitar o vazamento de informações é limitar o compartilhamento de arquivos com pessoas confiáveis e em redes seguras. A dica da empresa americana é não "sair distribuindo fotos para pessoas em quem você não confia e em redes ou softwares que não sejam consolidados no mercado”.

Outro procedimento indicado é verificar se à frente do endereço de internet acessado existe a sigla “HTTPS” que garante acesso seguro.

O quarto passo, e não menos importante em especial para usuários de smartphones, é optar pela validação de acesso em dois passos. Para fazer isso no caso do Google Android, o usuário deve entrar no tópico de segurança de sua conta no Gmail e clicar no tópico de segurança. Em seguida, o Google mostrará um código de verificação gerado por um aplicativo ou enviado via SMS para autorizar o acesso. Com esse passo a mais, o acesso fica ainda mais seguro.

<p>Novo sistema de checagem do Facebook, Private Checkup ajuda os usuários a revisar e controlar com quem elas desejam compartilhar seus posts e informações</p>
Novo sistema de checagem do Facebook, Private Checkup ajuda os usuários a revisar e controlar com quem elas desejam compartilhar seus posts e informações
Foto: Facebook / Divulgação
Segurança no Facebook
Para usuários do Facebook, a rede social criou um o “Privacy Checkup”, uma ferramenta para ajudar os usuários a revisar e controlar com quem elas desejam compartilhar seus posts. 

Para aqueles que nunca fizeram acesso a esta opção, no primeiro acesso ao "Privacy Checkup" o Facebook guia o usuário na configuração de seu sistema de postagens.

Primeiro, uma janela aparece na tela e pergunta ao usuário se ele deseja fazer a configuração. Na primeira etapa da configuração, o sistema mostra para quem o usuário pode fazer postagens: público, amigos, amigos (exceto conhecidos), somente eu, grupos, conhecidos e personalizar misturando essas opções.

Em seguida, o sistema confere quais aplicativos o usuário está utilizando, quais podem ser vistos por seus públicos e quais podem ser apagados. Na terceira e última etapa, o sistema confere seus dados e permite ao usuário decidir o que quer compartilhar e com quem.

Teste de segurança

Abaixo, o Terra preparou um teste de segurança para o usuário saber se está totalmente protegido de ataques de criminosos em seus gadgets. Confira: 

Quiz: você é um internauta seguro? Faça o teste! Quiz: você é um internauta seguro? Faça o teste!

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade