1 evento ao vivo

Facebook anuncia compra do Whatsapp por US$ 16 bilhões

Mark Zuckerberg afirmou que o Whatsapp ajudará sua empresa a complementar o serviço Facebook Messenger

19 fev 2014
19h20
atualizado em 20/2/2014 às 18h43
  • separator
  • 0
  • comentários

A rede social Facebook anunciou nesta quarta-feira a compra do serviço de mensagens instantâneas Whatsapp por cerca de US$ 16 bilhões em dinheiro e ações. O Facebook disse que pagará US$ 4 bilhões em dinheiro e cerca de US$ 12 bilhões em ações.

O CEO da companhia, Mark Zuckerberg, afirmou que o Whatsapp ajudará sua empresa a complementar o serviço Facebook Messenger. Zuckerberg disse que o Messenger e o Whatsapp são complementares, já que o primeiro é utilizado pelos internautas para se comunicarem com amigos cadastrados no Facebook e o segundo serve para comunicação com todos os contatos de uma pessoa, além de possibilitar a criação de grupos de conversa.

A rede social afirmou que o co-fundador do Whatsapp e presidente-executivo, Jan Koum, vai se unir ao Conselho de Administração do Facebook. A equipe do Whatsapp continuará trabalhando separada do Facebook.

O Whatsapp possui cerca de 450 milhões de usuários e adiciona a essa base aproximadamente 1 milhão de pessoas por dia.

Para se ter uma noção da ordem de grandeza da aquisição, o Facebook comprou o Instagram em abril de 2012 por US$ 1 bilhão.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade