0

EXCLUSIVO-LG Chem vai dobrar produção de baterias para atender Tesla, dizem fontes

1 dez 2020
13h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A sul-coreana LG Chem planeja mais do que dobrar a capacidade de produção de células de bateria que fabrica na China para veículos elétricos da Tesla no próximo ano, disseram fontes, para acompanhar o crescimento de sua cliente em seu maior mercado de automóveis.

Estação de supercarga da Tesla en Dietikon, Suíça
 21/10/ 2020 REUTERS/Arnd Wiegmann
Estação de supercarga da Tesla en Dietikon, Suíça 21/10/ 2020 REUTERS/Arnd Wiegmann
Foto: Reuters

A empresa, fornecedora do Modelo 3 da Tesla, montado em Xangai, também enviará sua maior produção da China e da Coreia para as fábricas da Tesla na Alemanha e nos EUA, disseram duas pessoas com conhecimento do assunto.

O plano surge enquanto a Tesla luta para proteger as células como parte de um plano agressivo de expansão da produção global, com objetivo de aumentar a demanda alimentada por governos que promovem veículos elétricos para reduzir a poluição do ar.

A LG Chem já acrescentou linhas de produção na Coreia do Sul neste ano, principalmente para atender a demanda da fábrica da Tesla nos EUA. A Tesla também pediu à Panasonic - que abastece a fábrica dos EUA - que também atenda a fábrica de Xangai, disse uma das fontes.

"A Tesla simplesmente não tem células de bateria suficientes", disse a fonte. "Assim, a LG Chem vai mais do que dobrar a produção na China."

O presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, revelou em setembro planos para aumentar as compras de células de bateria, mas que ainda assim os suprimentos são insuficientes e que a montadora fará suas próprias células mais baratas, perspectiva que pode prejudicar o poder de preços dos fornecedores.

A LG Chem disse em outubro que triplicará a capacidade das células cilíndricas para 60 gigawatts-hora até 2023, sem nomear Tesla ou revelar detalhes.

A Tesla não estava imediatamente disponível para comentar. A Panasonic não quis comentar.

A LG Chem, junto com a chinesa Contemporary Amperex, fornece células de bateria para o sedã Modelo 3 da Tesla construído em Xangai, onde a produção começou no ano passado e cuja capacidade anual atual é de 250 mil carros. A Tesla pretende começar a fabricar seu utilitário esportivo Model Y na fábrica no próximo ano, para o qual a capacidade chegará a 250 mil até 2022, informou a Morningstar anteriormente.

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade