PUBLICIDADE

Exclusivo: Intel esconde vídeos contra Apple M1, mas campanha "Go PC" continua

Campanha "Go PC" foi estreada em 2021 com vídeos apresentados por Justin Long comparando PCs com Intel e Macs com Apple M1

18 jan 2022 10h41
ver comentários
Publicidade

Intel lançou a campanha "Go PC" para mostrar as vantagens de PCs com seus chips em relação aos Macs com Apple M1 no ano passado. Na estreia, a empresa fez uma sátira dos famosos anúncios "Get a Mac", da Apple, apresentados por Justin Long nos anos 2000. Agora, a Intel ocultou os vídeos que provocavam a fabricante do iPhone, apesar de manter a campanha em seu site e a playlist do YouTube.

Lançada em 2021, campanha "Go PC" trazia vídeos apresentados por Justin Long comparando PCs com Intel e Macs com Apple M1
Lançada em 2021, campanha "Go PC" trazia vídeos apresentados por Justin Long comparando PCs com Intel e Macs com Apple M1
Foto: Reprodução/Intel/YouTube / Tecnoblog

Antes, voltemos ao começo de 2021. Em março, a Intel lançou uma campanha com cinco vídeos que comparavam os computadores com Intel e os Macs com os novos processadores da Apple. Mas o que chamava a atenção, mesmo, era a "mudança de lado" do apresentador Justin Long que interpretava o Mac ao lado do PC (John Hodgman) nos antigos comerciais "Get a Mac" da fabricante do iPhone.

A campanha, é claro, deu o que falar. E não é para menos, pois a Intel preparou cinco vídeos para destacar as vantagens de um PC com os seus chips: "3 Monitores", "Touchscreens", "Escolhas", "Gaming" e "2-em-1". As peças publicitárias, no entanto, não se encontram mais disponíveis nos canais oficiais da empresa.

Vídeos originais da campanha "Go PC" não estão mais disponíveis no YouTube
Vídeos originais da campanha "Go PC" não estão mais disponíveis no YouTube
Foto: Reprodução/Tecnoblog / Tecnoblog

Intel retira vídeos da campanha "Go PC" do ar

É o que mostra uma análise feita pelo Tecnoblog nesta terça-feira (18). Ao acessar os links originais dos cinco vídeos no YouTube, a plataforma retorna o seguinte aviso: "Vídeo indisponível. Este vídeo é privado". E não para por aí, pois até a playlist "Go PC" não mostra mais os conteúdos, mesmo que a descrição ainda cite o ator Justin Long.

"Deixe Justin mostrar como os laptops com tecnologia Intel oferecem mais opções, mais conexões, mais flexibilidade - e mais jogos - em comparações reais com o Mac", diz a descrição da playlist do YouTube. "É hora de cair na real e ir para o PC."

Última atualização da playlist "Go PC" no YouTube foi feita em 31 de dezembro
Última atualização da playlist "Go PC" no YouTube foi feita em 31 de dezembro
Foto: Reprodução/Tecnoblog / Tecnoblog

Nós também verificamos a possível data de remoção dos vídeos. Em uma análise feita pelo Internet Archive, as últimas cópias de páginas arquivadas com os vídeos apresentados por Justin Long foram registradas entre 30 de novembro e 31 de dezembro de 2021. A última atualização da lista de reprodução do YouTube também foi realizada no dia 31. Ou seja, parece que a Intel fez uma limpeza na virada do ano.

Mas a playlist não está vazia. No lugar, há o vídeo "Breaking the Spell: Social Experiment" ("Quebrando o feitiço: um experimento social", em tradução livre), publicado em 4 de outubro de 2021. Nele, a Intel convida fãs da Apple para mostrar algumas vantagens que os PCs teriam sobre os Macs. O site da campanha também permanece de pé, mas sem os vídeos apresentados por Justin Long: intel.com.

Se você quiser ver os vídeos originais, boas notícias, pois o AdWeek tem todos publicados em seu site. Confira: adweek.com.

Exclusivo: Intel esconde vídeos contra Apple M1, mas campanha "Go PC" continua

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade