4 eventos ao vivo

EXCLUSIVO-Amazon negocia compra de participação de US$2 bi da Bharti Airtel, dizem fontes

4 jun 2020
09h54
atualizado às 12h14
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Amazon está em negociações iniciais para comprar uma participação no valor de pelo menos 2 bilhões de dólares na operadora de telefonia móvel indiana Bharti Airtel, disseram três pessoas com conhecimento das conversas à Reuters, em um movimento que poderia turbinar a economia digital da Índia.

29/01/2016
REUTERS/Mike Segar
29/01/2016 REUTERS/Mike Segar
Foto: Reuters

O investimento, se concluído, significaria que a Amazon adquirirá uma participação de aproximadamente 5% com base no atual valor de mercado da Bharti, impulsionando a companhia, que é a terceira maior empresa de telecomunicações da Índia, na tentativa de competir com a Reliance Jio, líder do setor.

"A Jio se transformou de uma operadora móvel pura em uma plataforma voltada para o consumidor, liderada pela tecnologia digital, e a Airtel pode fazer o mesmo", disse uma das pessoas.

"A Airtel está procurando um jogo de recuperação aqui, e para a Amazon faz todo o sentido estratégico para os negócios na Índia."

A Amazon ponderou várias opções de investimento, incluindo a compra de uma participação de 8 a 10%, disse uma segunda pessoa.

As negociações entre a Bharti e Amazon estão em estágio inicial e os termos do acordo podem mudar, ou nem ser concluído, disseram duas das três pessoas, que se recusaram a ser identificadas porque as discussões são confidenciais.

Uma porta-voz da Amazon disse que a empresa "não oferece comentários sobre especulações sobre o que podemos ou não fazer no futuro."

A Bharti disse que trabalha rotineiramente com todos os players digitais para levar seus produtos, conteúdo e serviços aos clientes. "Além disso, não há outra atividade a ser reportada", afirmou em comunicado.

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade