0

EUA poupam alguns produtos da Apple de novos tarifas sobre produtos da China, diz Bloomberg

17 set 2018
16h48
atualizado às 17h57
  • separator
  • comentários

Os Estados Unidos pouparão alguns produtos de tecnologia, incluindo relógios e AirPods da Apple, da próxima rodada de tarifas impostas sobre bens chineses, informou a Bloomberg nesta segunda-feira, citando pessoas a par do assunto.

Logo da Apple é projetado eletrônicamente no Nasdaq Market Site depois do fechamento do pregão em Nova York, EUA
02/08/2018
REUTERS/Mike Segar
Logo da Apple é projetado eletrônicamente no Nasdaq Market Site depois do fechamento do pregão em Nova York, EUA 02/08/2018 REUTERS/Mike Segar
Foto: Reuters

Os produtos da Apple, relógios inteligentes similares e monitores de condições físicas fabricados por concorrentes, incluindo a Fitbit, não estão na lista de produtos chineses que receberão uma tarifa, informou a agência.

Os EUA estão preparando tarifas sobre mais 200 bilhões de dólares em bens chineses, disse o principal assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, conforme a disputa comercial entre as duas maiores economias do mundo se intensifica.

Apple e Fibit não responderam imediatamente aos pedidos de comentários da Reuters.

No início deste mês a Apple disse às autoridades comerciais que as tarifas propostas afetariam os preços de uma "ampla gama" de produtos da empresa, incluindo seu relógio Apple Watch.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade