PUBLICIDADE

EUA: cabeleireira falsifica US$ 20 mil com impressora comum

9 mai 2014 13h37
| atualizado às 15h17
ver comentários
Publicidade
<p>Tarshema Brice foi presa pela polícia de Maryland ao ser encontrada com uma nota de US$ 50 adulterada</p>
Tarshema Brice foi presa pela polícia de Maryland ao ser encontrada com uma nota de US$ 50 adulterada
Foto: Lee Jae-Won / Reuters

Uma cabeleireira foi presa nos Estados Unidos por falsificar até US$ 20 mil em espécie durante dois anos usando apenas utensílios comuns, como impressora multifuncional e escova de dentes. Segundo a Bloomberg, Tarshema Brice utilizava o desengordurante “Purple Power” para umedecer a nota, em seguida usava uma escova de dentes para tirar a tinta e secava a nota com um secador de cabelo. Por fim, ela usava uma multifuncional da HP para escanear notas de US$ 50 e US$ 100 e imprimir o novo valor no papel moeda em branco.   

As falsificações da moradora de Richmond, Virginia, passavam constantemente por testes de balconistas e lojas. A cabeleireira admitiu a culpa no julgamento que começou no último mês. Ela confirmou à Justiça que chegou a produzir entre US$ 10 mil e US$ 20 mil em notas falsas durante dois anos, antes de seu esquema ser descoberto em setembro de 2013. De acordo com o advogado de Brice, Chales E. James, a cabeleireira estava cuidando de “seis filhos com um salário baixo e estava preenchendo os buracos (financeiros) com dinheiro falsificado”.

Brice foi presa pela polícia de Maryland ao ser encontrada com uma nota adulterada de US$ 50. O Serviço Secreto, responsável por apurar as falsificações, já estava no encalço dela por uma compra de US$ 300 realizada em uma loja de roupas. Segundo o órgão de investigação, em 1995 apenas 1% das notas falsas eram feitas em impressora, hoje 60% dos US$ 88,7 milhões de notas falsificadas recuperadas anualmente são feitas em impressoras à jato de tinta ou laser.

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade