4 eventos ao vivo

Estadão estreia no Clubhouse nesta terça para debater comportamento digital no pós-pandemia

Evento traz especialistas em tecnologia e inovação para discutir como serão os novos hábitos dos brasileiros na internet

23 fev 2021
13h34
atualizado às 19h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O distanciamento social imposto pelo coronavírus acelerou a imersão digital nos estudos, no trabalho e até no lazer. O grau de digitalização e interesse evoluiu durante o último ano e acelerou negócios e novos comportamentos. A grande questão é se essas mudanças irão permanecer depois da pandemia.

É com essa conversa que o Estadão estreia nesta terça-feira, 23, às 19h30 no Clubhouse, rede social inteiramente de áudios. O Estadão pode ser encontrado sob o usuário @estadaobr na rede social com o tema "O que a pandemia conectou, a vacina vai desconectar?".

Para discutir o assunto, estão os convidados Letícia Piccolotto, presidente da Fundação BRAVA e fundadora do BrazilLAB; Alexandra Gurgel, jornalista, ativista e escritora; Maurício Benvenutti, empreendedor, colunista do Estadão e especialista em inovação; Samuel Moreschi, gerente de pesquisa e insights no Google; Pedro Cortella, jornalista e estrategista digital; Álvaro Machado, neurocientista cognitivo e professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp); Rafa Dias, fundador e CEO da produtora de streaming Dia Estúdio; Rapha Avellar, empreendedor e sócio-fundador da Adventures Inc.; e Vitor di Castro, criador do canal "Deboche Astral" no YouTube.

A mediação será feita pelos repórteres do Estadão Gilberto Amêndola, Guilherme Guerra e Fernando Scheller.

A sala, como é chamado o evento que reúne ouvintes e palestrantes, faz parte do Especial Oliver Wyman, cobertura multiplataforma do Estadão, a ser lançada nesta quarta, 24.

Como se cadastrar no Clubhouse

Ainda em fase de testes, o Clubhouse limita a entrada de usuários por convites, que podem ser recebidos diretamente.

Veja abaixo como se cadastrar e usar o Clubhouse:

Veja também:

Big Techs fecham acordos milionários para encerrar processos
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade