PUBLICIDADE

Dura lição: seu negócio não pode depender só de rede social

Apenas 23% dos empresários brasileiros contam com sites próprios, mas 70% deles comercializam pela internet. E aí está um erro enorme.

7 out 2021 08h00
| atualizado às 10h58
ver comentários
Publicidade
Lívia Lampert explica a importância de sempre ter um site para seu negócio
Lívia Lampert explica a importância de sempre ter um site para seu negócio
Foto: NR-7 / Divulgação

A queda desta semana de Whatsapp, Facebook e Instagram trouxe muito prejuízo para muita gente. Os danos maiores foram das pequenas e médias empresas que erroneamente apostam apenas nas redes sociais para falar com seu público.

Para contornar essa limitação, possuir uma presença online por meio de um site é mais do que uma alternativa em momentos que as redes sociais estão indisponíveis e que deve estar na estratégia de crescimento do pequeno e médio empreendedor. Na verdade, ter um site é vital para qualquer negócio, não importa o tamanho.

Além de contar uma estabilidade maior, possui atendimento direto com a empresa de hospedagem do seu site, caso ocorra qualquer tipo de problema.

Uma pesquisa do Sebrae e Fundação Getúlio Vargas, divulgada no início deste ano, mostrou que apenas 23% dos empresários brasileiros contam com sites próprios de vendas, mas 70% deles comercializam pela internet. A ferramenta mais usada para negócios é o Whatsapp, citado por 84% dos entrevistados, seguido por Instagram (54%) e Facebook (51%). No total, o estudo teve 6.138 respondentes em todo o país.

O Facebook conta com quase 3 bilhões de usuários em todo o planeta. O Instagram e o Whatsapp conectam aproximadamente 2 bilhões pelo mundo. No Whatsapp Business, são cerca de 175 milhões de pessoas que trocam mensagens diariamente, sendo 13 milhões apenas no Brasil. 

A redação do Homework bateu um papo rápido com Lívia Lampert, gerente da KingHost, para entender a importância de sempre ter um site para seu negócio, afinal, as regras das redes sociais mudam o tempo todo, as do seu site não.

Homework - O blackout do trio Facebook, Instagram e Whatsapp deixou muita gente no prejuízo nesta semana. É um erro o pequeno empreendedor apostar exclusivamente nas redes sociais?
Lívia Lampert - Hoje em dia entendemos que para construir uma boa presença digital, é necessário ir além apenas do uso das redes sociais, é preciso também contar com ferramentas como um site ou um blog.

As redes sociais, embora cumpram um papel de auxílio na estratégia da construção de uma presença digital, possuem pontos limitadores como mudanças do algoritmo, necessidade de constante interação e a questão temporal de cada conteúdo ― visto que um post, dependendo da rede social, fica exposto por horas ou no máximo um ou dois dias no feed dos seguidores. Isso sem contar com situações como a queda das principais redes sociais, como aconteceu nesta semana.

Por isso, quando um empreendedor, além das redes sociais, também conta com um site em sua estratégia digital, ele pode ser encontrado e contatado a qualquer momento, evitando assim a perda de oportunidades de vendas e negócios fechados.

Em que tipo de serviços o pequeno empreendedor deve focar quando planejar sua presença digital, como fazer o primeiro site, por exemplo?
― Existem alguns requisitos obrigatórios para qualquer tipo de site. Sem eles não será possível colocar o site no ar.

1) Registrar um domínio para o seu site. Sem um domínio registrado o site não poderá ser encontrado por nenhum cliente. É interessante pensar no domínio como a carteira de identidade de um site. É o endereço de domínio que permite que os clientes acessem o site na internet.

2) Ferramenta para criar sites. O empreendedor que optar, pode construir o site sozinho ou contratar um desenvolvedor. Para a primeira opção, existem ferramentas que oferecem esse serviço e não exigem conhecimentos técnicos avançados, como o Criador de Sites [do KingHost].

Utilizar um criador de site permite que seja possível criar um site sozinho, uma vez que este tipo de ferramenta conta com recursos que facilitam a edição de todos os elementos do site.

Os famosos recursos de clicar, arrastar e soltar tornam muito mais fácil e prática a tarefa de personalizar qualquer elemento das páginas.

3) Hospedagem de sites. A hospedagem de sites é responsável por manter um site no ar. Ela funciona como se fosse um edifício comercial que abriga diversas empresas em sua estrutura. Existem diferentes estruturas de hospedagem e dependendo do tipo de site e objetivo do negócio, existe uma específica para cada situação.

Além da necessidade operacional, qual a importância de um site para a imagem de uma pequena empresa?
― Um site reforça ainda mais a credibilidade e autoridade de uma pequena empresa para clientes e futuros clientes, pois é o principal cartão de visita da empresa na internet.

Possibilita também mais visibilidade, alcance e novas oportunidades de negócios, uma vez que é possível trabalhar diversas estratégias de marketing digital como produção de conteúdo para atrair e fidelizar novos clientes.

Isso sem contar que, caso as redes sociais fiquem fora do ar eventualmente, o site estará online para receber demandas, pedidos, sem que o empreendedor perca dinheiro e oportunidades.

Homework Homework
Publicidade
Publicidade