PUBLICIDADE

Dicas básicas para PME que está migrando agora para a nuvem

Confira orientações para facilitar essa transição que exige grande cuidado dos profissionais de TI.

23 mai 2022 03h00
ver comentários
Publicidade
Foto: Akitada31 / Pixabay

As soluções na nuvem facilitam a automatização das tarefas e dos processos de gestão, aumentando o desempenho e agilizando a resolução de problemas de diversas empresas, mas existem uma série de questões que precisam ser levadas em consideração antes de se migrar para essa tecnologia. 

A HostDime, empresa global de data center com sede no Nordeste, deu algumas dicas para orientar empresas que estão migrando para a nuvem.

1. Escolha o momento certo de realizar a migração para nuvem

Primeiro é necessário um bom planejamento para esse tipo de mudança. Qualquer migração é crítica, seja de infraestrutura local para nuvem ou até mesmo de uma nuvem para outra nuvem, pois há sensibilidade nos dados da empresa e dos clientes. O segundo ponto é a necessidade de backup, pois em caso de qualquer intercorrência durante a migração, é possível restaurar os dados de forma rápida.

Em alguns casos, a empresa é obrigada a fazer migração por passar por algumas situações, como a necessidade de aumentar a segurança, instabilidades nos servidores atuais, tecnologia em desuso ou adoção de maior controle dos processos do Data Center.

2. Prepare a sua equipe de TI

A migração para a nuvem pode ser feita de forma gradual, levando um serviço por vez. O primeiro serviço pode ser o de backup na nuvem. Tendo o backup na nuvem, a empresa e a equipe de TI podem planejar a migração completa para a nuvem sabendo que se algo acontecer durante esse processo, os dados estarão salvos em outro lugar.

3. Analise todos os riscos

Sua equipe de TI deve estar preparada para qualquer tipo de situação. É necessário se antecipar e cuidar para evitar que ocorra rompimento, perda ou vazamento de algum tipo de dado durante o processo de migração. Além disso, é importante verificar se a empresa possui uma infraestrutura adequada para manter os servidores localmente e levantar todos os custos da operação. 

Também é fundamental saber para qual nuvem a empresa será levada e o que ela oferece. A nuvem oferece consultoria de migração e operação? A nuvem é certificada LGPD (ISO 27701)? A nuvem possui outros certificados importantes, por exemplo: Tier III, ISO 20000, ISO 27017, ISO 22301, ISO 27018, ISO 9000, ISO 27001?

4. Estude as vantagens de usar um servidor na nuvem

Empresas que buscam um ambiente seguro e com grande capacidade de escalabilidade podem ganhar vantagens em seus negócios ao migrar para a nuvem. O trabalho dentro de uma nuvem permite que os profissionais de TI tenham acesso rápido, seguro e podem trabalhar de qualquer local, não precisando se deslocar de um lugar para o outro para realizar qualquer tipo de manutenção.

5. Fique atento à segurança

O grande destaque para usar uma nuvem está na segurança dos dados de sua empresa ou projeto. Além disso, existe todo um amparo legal respeitando as leis vigentes no país, como é o caso do marco civil da internet. Outro ponto está na LGPD, que garante medidas técnicas e administrativas para a segurança de dados e que impactam diretamente empresas que utilizam informações em nuvem.

“Diversas empresas enfrentam problemas de gestão no setor de TI, pois muitas ainda utilizam operações manuais que tornam os processos lentos, pouco eficientes e cheios de falhas. As soluções na nuvem facilitam a automatização das tarefas e dos processos de gestão, aumentando o desempenho e agilizando a resolução de problemas”, explica Filipe Mendes, CEO da HostDime.

(*) HOMEWORK inspira profissionais e empreendedores a trabalhar de um jeito mais inteligente, saudável, transformador. Nosso conteúdo impacta mais de 1 milhão de usuários únicos, todo mês. É publicado no Terra e compartilhado via redes sociais, WhatsApp e newsletter. Entre pra comunidade HOMEWORK!

Homework Homework
Publicidade
Publicidade