0

Como tirar as melhores fotos do seu animal de estimação

Mesmo não tendo uma câmera cara, você pode tirar fotos memoráveis no seu smartphone, com o software correto e alguns truques

24 out 2020
05h10
atualizado em 30/10/2020 às 17h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Uma grande parte da internet, hoje em dia, parece ser constituída de fotos de animais, especialmente gatos. Muitos gatos. Se você quer uma imagem decente do seu pet para a posteridade e não é um fotógrafo profissional, simplesmente use o seu smartphone.

Muitos modelos recentes de celular incluem todo o hardware e software necessários para tirar uma excelente foto do seu bichinho de estimação. Você também precisa analisar fatores como localização e iluminação. E lembre-se: deixe o seu pet guiar a sessão de fotos. Nunca agite ou estresse o animal - simplesmente espere para a personalidade dele brilhar pelas das lentes da câmera. Abaixo, as principais dicas para seu amigão arrasar nas redes sociais.

Passo 1: Trace um plano

Decida onde gostaria de tirar as fotos. Dependendo do animal, você terá melhores resultados se for num lugar familiar onde seu pet provavelmente estará mais tranquilo.

Se preferir fotos como se estivesse num estúdio fotográfico, tente tirá-las durante um momento do dia em que seu animal está mais relaxado. Horas boas são logo após uma refeição ou pouco antes na hora da sesta - aquele cochilo que nós invejamos no home office. Remova toda a bagunça que está no fundo. Um lençol ou um pedaço de tecido pendurado para servir como segundo plano também dará mais foco no animal.

Se prefere captar a vivacidade e os saltos naturais do seu pet, leve consigo a sua câmera durante o passeio pelo parque ou quando ele se diverte no quintal. É assim que você vai tirar as fotos que deseja.

Não esqueça que é preciso ter tempo e paciência. Os animais são imprevisíveis e não cooperam muito, assim você deve acompanhá-lo. Serão necessárias dezenas de instantâneos (ou mais de uma sessão de fotos) até conseguir a imagem perfeita.

Passo 2: Confira a luz

Ao ajustar seu smartphone, evite usar o flash. A luz inesperada pode deixar seu pet bravo. A luz refletida no fundo da retina do bichinho também pode deixar seus olhos vermelhos ou verdes - lembra quando isso acontecia nas câmeras analógicas? Pois é.

A luz natural - em ambientes ao ar livre ou vinda de uma janela - sempre funciona melhor. Se está tirando fotos num ambiente interno, você pode iluminar a área com lâmpadas clipadas, mas fique atento às sombras e ajuste as posições da luz de acordo.

Passo 3: Prepare sua câmera

Embora não seja tão poderosa como uma câmera digital com reflexo de lente única (ou DSLR, do inglês single-lens reflex camera) , a tecnologia dos smartphones melhorou muito na última década.

Com um celular recente você pode, por exemplo, usar o modo retrato para ter um foco preciso do objeto em primeiro plano e ao mesmo tempo desfocar ligeiramente a imagem de fundo. A vasta maioria dos iPhones, da Apple, bem com o Pixel, do Google, têm um modo retrato; já os telefones da Samsung e outras fabricantes têm recursos similares.

Alguns aplicativos de câmera têm ainda um "burst mode" que captura uma série rápida de fotos quando você pressiona o botão disparador. É um jeito de fazer boas fotos em movimento e, depois, com calma, escolher a melhor foto de uma série no rolo da câmera. No aplicativo de câmera do iOS 14 da Apple, você tem um disparador muito rápido (Burst Mode) pressionando o botão Volume Up. No caso dos celulares Pixel da Google, há um recurso similar, o Top Shot.

Antes de começar sua sessão de fotos, certifique-se de que o aplicativo da câmera está configurado para tirar fotos na mais alta resolução de imagem possível.

Passo 4: Fotografando seu pet

Agora é a hora de realmente tirar fotos. Não tema tentar ângulos criativos, mas sempre procure se colocar no mesmo nível do seu pet, e o foco da câmera nos olhos do animal com frequência resulta num retrato bem expressivo.

Tirar fotos de um pet costuma ser mais fácil se você tiver ajuda. Enquanto lida com a câmera, uma outra pessoa pode manter o animal atento, dando a ele petiscos ou usando um de seus brinquedos favoritos.

Se você estiver sozinho com seu pet, pode ainda usar um tripé com um disparador temporizador, fazendo você mesmo o papel de entreter o animal. Apple, Google e Samsung têm um temporizador - de 3 ou 10 segundos - nos seus aplicativos de câmera.

Controles de tempo remotos que se conectam ao telefone pelo Bluetooth também são uma opção e se pressionar o botão de volume nos fones de ouvido da Apple, isto também aciona o disparador do iPhone. E alguns aplicativos de assistente de voz tiram fotos sob comando, o que é uma ótima ideia.

Passo 5: Editar suas fotos

Agora chegou a hora de melhorar as fotos que você tirou. Muitos aplicativos de câmera incluem ferramentas para endireitar os enquadramentos tortos e intensificar a cor e a exposição. E a ferramenta de corte é excelente para eliminar elementos indesejados no fundo.

Se suas imagens precisam de mais aprimoramentos do que o software padrão instalado nos smartphones oferece, busque um aplicativo com recursos como pincel, para retocar as imagens e remover pêlos soltos.

E não esqueça o poder dos filtros para dar à sua foto um aspecto totalmente novo. Mesmo que uma foto esteja ligeiramente nebulosa ou descolorida, você conseguirá ser realmente criativo e até transformar numa obra de arte as fotos do seu animal de estimação. Auuuuuuu! / TRADUÇÃO DE TEREZINHA MARTINO

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade