PUBLICIDADE

Como saber qual SSD é compatível com meu notebook

Acertando na hora da compra; veja como saber qual SSD é compatível com o notebook e melhore o desempenho sem surpresas

22 nov 2021 17h48
ver comentários
Publicidade

O SSD é atualmente a melhor opção para ter espaço de armazenamento junto com velocidade de acesso e processamento. Leia no artigo, como saber qual SSD é compatível com meu notebook e dê esse passo para o melhor desempenho do seu dispositivo sem ter qualquer tipo de imprevistos ou surpresas.

O velho HDD SATA ao lado do SSD SATA
O velho HDD SATA ao lado do SSD SATA
Foto: Kingston/Divulgação / Tecnoblog

Índice

  • Como se define a compatibilidade
  • SSD compatível com notebook
  • Notebook Samsung NP270E5K

Como se define a compatibilidade

De forma resumida, a compatibilidade do SSD com o notebook ou desktop é definida pelo mesmo aspecto técnico. A compatibilidade entre o SSD e o computador é definida pelo tipo de interface de disco rígido. Os tipos de interface de SSD incluem: mSATA, U.2, SATA Express, SATA, M.2, PCI-E, etc. Atualmente, os SSDs SATA e M.2 são os principais para computadores pessoais.

Os modelos SSD M.2 são menores, modernos e caros
Os modelos SSD M.2 são menores, modernos e caros
Foto: Corsair/Divulgação / Tecnoblog

Cada modelo de placa mãe aceita determinadas tecnologias e protocolos para usar o SSD, então as especificações que devem ser buscadas são o suporte da placa mãe e o espaço disponível na "carcaça" do notebook, devido a restrições de espaço, alguns modelos não serão comportados.

Nesse caso, a saída mais simples e mais cara seria investir em um SSD externo com seus valores mais altos do que as versões internas.

SSD compatível com notebook

A melhor fonte de informação, com certeza, ainda é o manual do notebook. Para verificar se o SSD é compatível com o laptop, é preciso primeiro descobrir o tipo de interface do disco rígido do notebook.

É difícil desmontar o aparelho, mas essa é a função dos manuais. De modo geral, todo notebook vem com um manual que registra todas as especificações do dispositivo, incluindo o tipo de interface do disco rígido.

Se o manual não estiver em mãos, pode-se reservar algum tempo para verificar as especificações do modelo através da página dos fabricantes ou sites na Internet. É possível verificar as especificações detalhadas do laptop em muitos sites, como os sites oficiais da marca (Lenovo, ASUS, etc.), ou mercados online (Amazon, eBay) e alguns sites de TI (CNET, ZDNet, Clube do Hardware).

Notebook Samsung NP270E5K

Vou dar o exemplo de como fiz a pesquisa para escolher o SSD ideal para o meu notebook. A primeira coisa foi verificar a ficha técnica do modelo. Como não tinha mais o manual, procurei o nome do modelo na parte inferior do notebook e tirei uma foto.

Modelo do notebook na parte debaixo do dispositivo
Modelo do notebook na parte debaixo do dispositivo
Foto: Leandro Kovacs/Tecnoblog / Tecnoblog

Fiz a pesquisa na internet através do modelo — escrevendo exatamente como no título — e rapidamente encontrei um site de fichas técnicas. De fábrica, a informação do tipo de HD que ele utiliza é o SATA III, aceitando essa configuração busquei um SSD de mesma família.

Quanto ao tamanho do espaço físico, é importante observar e escolher um modelo de SSD que encaixe na área reservada para o armazenamento.

Não precisei me atentar a isso pois não fiz a substituição, mantive meu HDD SATA III normal, e adicionei o SSD que passou a ser o principal do sistema — retirei o drive de DVD do notebook e instalei o SSD no espaço, coube tranquilamente.

Na grande maioria dos casos, será necessário um SSD SATA ou M.2, podemos partir deste princípio para identificar qual será o melhor para o notebook.

A Capacidade do SSD é importante?

A capacidade do SSD deve ser levada em conta, os preços variam com o quesito. Por este motivo, deve-se prestar a atenção a sua real necessidade de espaço. A importância aumenta no caso do SSD ser o único dispositivo de armazenamento do notebook.

Minha dica é ficar longe dos SSD 128 GB, são muito pequenos até para uso em parceria com um HDD, além de terem uma velocidade reduzida pelo menor número de módulos de memória.

A melhor opção de custo e benefício é ficar entre os 250 GB e 500 GB, para uso em parceria com outro HDD. A capacidade é suficiente para instalar todo o sistema principal no SSD, além dos jogos ou softwares mais usados e que precisam de melhor desempenho.

Caso o valor de investimento não seja tão importante e o objetivo seja somente a utilização de um único armazenamento SSD, opte pela maior capacidade que o sistema e o bolso suportarem.

Qual é a melhor tecnologia de SSD?

Definitivamente, a melhor tecnologia que temos no mercado para os SSD são os M.2. Ocupam menos espaço e são muito superiores em termos de velocidade de leitura e escrita, para computadores pessoais.

Com informação: Shareus, Tom's hardware.

Como saber qual SSD é compatível com meu notebook

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade