PUBLICIDADE

Clubhouse para Android entra em teste beta, mas pode ser tarde demais

Disponível apenas para iOS, Clubhouse anunciou que começou a testar versão para Android com um pequeno grupo de usuários

3 mai 2021
0comentários
Publicidade

Mais de um ano após o lançamento, o Clubhouse finalmente ganhará versão para Android. Hoje exclusiva para iOS, a rede social de salas de áudio trabalha em uma versão beta para o sistema operacional do Google. A expansão, porém, fará o serviço se deparar com uma concorrência ainda maior.

Clubhouse ainda está disponível apenas no iOS
Clubhouse ainda está disponível apenas no iOS
Foto: Ana Marques/Tecnoblog / Tecnoblog

O anúncio sobre a chegada no Android foi feito no domingo (2) pelo próprio Clubhouse. Em sua página sobre atualizações, a rede social informou que os testes para a versão beta no Android começaram. A versão inicial foi liberada para um pequeno grupo e deve chegar a mais usuários nas próximas semanas. Como se trata de um beta fechado, ainda não é possível se inscrever para usar o app.

Clubhouse sai atrás em disputa no Android

O Clubhouse ganhou a atenção dos usuários por estar disponível apenas no iOS e por usar um sistema de convites, que dava um caráter de exclusividade para as salas de áudio. Mas o modelo não deve ajudar o serviço a manter sua popularidade no longo prazo. É o que indicam os números de downloads nas últimas semanas.

Segundo a Sensor Tower, o Clubhouse registrou apenas 2,7 milhões de downloads no mês de março. O resultado representa uma queda de 72% em relação a fevereiro, quando havia chegado a 9,6 milhões de downloads. Com o desempenho recente, o aplicativo retornou ao patamar de janeiro, quando teve 2,4 milhões de downloads.

Em sua chegada ao Android, o serviço terá de atrair a atenção de quem está usando salas de áudio em outros aplicativos. O Twitter Spaces, que foi lançado no iOS em dezembro de 2020, está disponível no Android desde março e chegará em breve para a versão web da rede social.

O Clubhouse vai enfrentar a concorrência de outros serviços que também embarcaram nos recursos de salas de áudio. Entre eles, estão Facebook, Instagram, Telegram, Discord e LinkedIn. O Spotify também pretende oferecer a solução aos seus usuários e, para isso, decidiu comprar um aplicativo de salas de bate-papo.

A chegada ao Android faz parte de um planejamento anunciado pelo Clubhouse ainda em janeiro. Na ocasião, o aplicativo indicou que também pretendia oferecer um programa de monetização que começou a ser testado em abril. Este pode ser uma das saídas para o serviço ganhar espaço contra adversários com uma base de usuários muito maior.

Com informações: The Next Web, XDA Developers.

Clubhouse para Android entra em teste beta, mas pode ser tarde demais

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade