1 evento ao vivo

Chinês Alipay diz que roubo de dados de acesso à Apple ameaça dinheiro de usuários

11 out 2018
14h34
atualizado às 17h10
  • separator
  • comentários

O Alipay, um dos dois principais aplicativos de pagamento online da China, que pertence a Ant Financial, disse que hackers roubaram um volume desconhecido de dinheiro de contas do serviço usando dados de acesso na Apple, que já sabe do caso.

Logo do Alipay, WeChat Pay, Apple Pay e outros aplicativos de pagamento em restaurante de Pequim, China
13/01/2017 REUTERS/Damir Sagolj
Logo do Alipay, WeChat Pay, Apple Pay e outros aplicativos de pagamento em restaurante de Pequim, China 13/01/2017 REUTERS/Damir Sagolj
Foto: Reuters

O aplicativo orientou na véspera que seus usuários que vincularam suas contas usando identidades de acesso da Apple reduzam os limites de transação. "O Alipay entrou em contato com a Apple muitas vezes... e o problema não foi resolvido", disse o aplicativo pela rede social Toutiao.

A violação afetou tanto os usuários do Alipay como do WeChat, da Tencent, e alguns usuários perderam até 2 mil iuanes (288 dólares), informou a agência de notícias estatal Xinhua nesta quinta-feira.

Uma porta-voz da Apple, baseada em Xangai, não comentou o assunto. Representantes da Tencent não responderam aos pedidos de comentários.

A Ant Financial é a unidade de pagamento do Alibaba.

Não está claro quantos usuários foram afetados pela falha e o Alipay pediu que os usuários afetados contatem a Apple.

O caso ressalta os desafios de segurança enfrentados pelo imenso mercado de pagamentos móveis da China, onde os serviços WeChat e Alipay se tornaram onipresentes na vida diária.

O episódio também mostra as armadilhas que empresas de tecnologia enfrentam na China, onde fraudes de celulares e violações de dados pessoais são mais comuns que em outros mercados.

Os usuários da Apple na China são obrigados a vincular seus registros de acesso aos seus números de telefone, que por sua vez estão vinculados aos seus números de identificação nacional. O Apple Pay, embora não tão popular quanto o WeChat Pay e o Alipay, também se tornou cada vez mais popular nas grandes cidades do leste da China.

Para o WeChat Pay e o Alipay, que têm cerca de meio bilhão de usuários, as violações são raras, embora os usuários sejam frequentemente alertados a não enviar dinheiro para pessoas não identificadas usando as plataformas.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade