9 eventos ao vivo

Patentes: Google ajudou Samsung em batalha contra Apple

23 abr 2014
01h09
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Google se comprometeu, em um acordo privado com a Samsung fechado em 2012, a apoiar financeiramente sua defesa na disputa com a Apple pelas patentes de telefones celulares, disseram nessa terça-feira os advogados da gigante californiana durante uma audiência.

Segundo esse pacto, fechado quando o fabricante sul-coreano já havia um ano litigava contra a Apple, a Google aceitava assumir parte dos custos judiciais da disputa, assim como indenizar a Samsung se finalmente ela perdesse o caso.

Para demonstrar a existência do acordo, a defesa da Apple apresentou vários e-mails trocados entre executivos da Samsung e do Google - e autenticados por um advogado do Google - em que este últimos se comprometiam a indenizar total ou parcialmente os prejuízos econômicos que pudessem vir de quatro das patentes em disputa.

Dessas quatro patentes, dois saíram do caso, mas as outras duas, relativas a características da interação do usuário com o telefone (sincronização do fundo e sistema de busca universal), fazem parte do processo judicial retomado estes dias em uma corte federal de San José (na Califórnia).

Samsung e Apple disputam as patentes dos smartphones e tablets desde 2011, quando a empresa da maçã processou os sul-coreanos por terem copiado o projeto de seus produtos, ao que estes responderam rapidamente processando por sua vez a Apple por violações das patentes da tecnologia 3G.

Desde então as ações entre os gigantes tecnológicos foram só aumentando, a maioria delas resolvidas a favor da Apple até o momento, fazendo a Samsung ter de pagar até o momento quase US$ 1 bilhão aos seus concorrentes americanos.

Mesmo assim as duas companhias apelaram sem exceção em todas as decisões judiciais contrárias aos seus interesses, de modo que o processo vive agora uma segunda parte na qual os esforços de uma e de outra empresa se centram em tentar demonstrar os danos que os supostos plágios da concorrência causaram sobre vendas e planos de expansão.

Com a revelação desta terça-feira, a defesa da Apple procura demonstrar a conexão existente entre Samsung e Google, já que um dos principais argumentos do fabricante sul-coreano é que não tem por que se responsabilizar pelo sistema operacional Android (de propriedade do Google), com o qual operam a maioria de seus telefones e tablets e de cuja tecnologia derivam as alegadas infrações de patentes.

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade