1 evento ao vivo

Fnac do aeroporto de Guarulhos não vende iPhone sem imposto

Loja ainda não conseguiu autorização da Receita Federal para atuar como free shop

16 mai 2014
11h32
atualizado às 11h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Loja da Fnac no aeroporto de Guarulhos (SP) está vendendo produtos do estoque da rede brasileira</p>
Loja da Fnac no aeroporto de Guarulhos (SP) está vendendo produtos do estoque da rede brasileira
Foto: Apple

Sem autorização da Receita Federal para atuar como free shop, a Fnac do aeroporto de Guarulhos (SP) não está vendendo iPhone e outros produtos eletrônicos sem impostos como havia prometido, de acordo com informações publicadas pela Folha de S. Paulo. Segundo o jornal, a rede deu entrada com pedido de autorização para operar como loja franca há cerca de quatro meses. A empresa esperava que a autorização saísse antes da inauguração da loja no aeroporto, que aconteceu no domingo passado.

De acordo com a Folha, os iPhones haviam acabado na quarta-feira e havia apenas dois modelos de iPad e um MacBook Pro na loja. A empresa não revelou quanto aparelhos foram vendidos e se honrou os preços prometidos, sem impostos, o que seria uma operação com prejuízo. A loja no aeroporto está sendo abastecida com o estoque da própria rede no Brasil. Os produtos importados, que a empresa planejava vender no estabelecimento sem os impostos, estão parados na alfândega.

Na loja, o iPad Air (16GB, Wifi) sai por R$ 1.749. O valor é maior do que na loja virtual da Fnac (R$ 1.569). Sem impostos, o produto deveria custar R$ 1.123 (US$ 449). O preço do iPad Mini (16GB, Wifi 4G) estava por R$ 1.499 em Guarulhos. Sem impostos, sairia por R$ 965. Já o MacBook Pro (Core I5 4GB, 500 GB, tela 13.3’’) custa R$ 4.299 na loja do aeroporto. O preço livre de impostos, contudo, deveria ser de R$ 2.700 (US$ 1.199).

Galaxy ou iPhone? Compare smartphones topo de linha Galaxy ou iPhone? Compare smartphones topo de linha

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade