2 eventos ao vivo

Carteira Digital de Trânsito vai mostrar pontuação e incluir CRV

Além de CNH e CRLV, aplicativo CDT guardará Certificado de Registro de Veículo (CRV) a partir de 2021

20 nov 2020
14h37
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) já tem versão digital. Idem para o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Mas não deve terminar por aí: o Denatran cogita disponibilizar a versão digital do Certificado de Registro de Veículo (CRV) a partir de 2021. A consulta de pontuação na CNH via app também está nos planos.

Apesar da semelhança entre os nomes, o CRLV e o CRV são documentos distintos. O primeiro tem a função básica de atestar que o veículo possui permissão para circular pelas vias públicas. A sua emissão é feita anualmente após o pagamento de taxas e tributos como IPVA e DPVAT.

Carteira Digital de Trânsito (imagem: divulgação/Serpro)
Carteira Digital de Trânsito (imagem: divulgação/Serpro)
Foto: Tecnoblog

Já o CRV é um documento que descreve as características do veículo, bem como atesta o seu registro junto a órgãos de trânsito, como o Detran. Por esse motivo, a emissão do CRV só precisa ser renovada quando o veículo for transferido para outra pessoa, sofrer mudança de suas características ou o proprietário mudar de domicílio, por exemplo.

No evento Mobi-ID, promovido pelo Mobile Time na quinta-feira (19), Eduardo Sanches Faria, coordenador-geral de sistemas do Denatran, revelou que o órgão planeja fazer emissão de CRV apenas em formato digital a partir de 2022. O processo de digitalização deverá começar em fevereiro de 2021.

O dono do veículo não precisará instalar um aplicativo apenas para consulta ao CRV digital. O documento será integrado à Carteira Digital de Trânsito (CDT), app que já abriga as versões digitais da CNH e do CRLV.

Essa não é a única mudança prevista para o CDT. O Denatran sinaliza também que, entre o fim de 2020 e o início de 2021, o aplicativo será capaz de mostrar a pontuação que o condutor tem na CNH e terá funções para:

  • indicação do real infrator;
  • comunicação de venda de veículo;
  • transferência de propriedade de veículo;
  • alerta de roubo ou furto de veículo;
  • registro de defesa e recursos da infração;
  • atualização de endereço.

Convém lembrar que o CDT permite pagamento de multa com até 40% de desconto desde setembro.

Carteira Digital de Trânsito vai mostrar pontuação e incluir CRV

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Tecnoblog
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade