0

YouTube melhora descrição de músicas em combate a uso indevido da plataforma

16 mai 2018
15h41
  • separator
  • comentários

O YouTube está tomando uma decisão em prol dos créditos para músicas usadas em vídeos. A partir de desta quarta-feira (16), a empresa passa oferecer um setor dentro da aba "saiba mais", em que mostra quais as pessoas que trabalharam na trilha sonora daquela produção.

Com isso, criadores de conteúdo agora podem descrever qual o nome da música, os artistas que executam, além de autores e licenciamento de uma determinada trilha. O recurso começa a ser adicionado automaticamente pelo YouTube já para mais de meio bilhão de vídeos na plataforma. Contudo, de acordo com a empresa, pode ser adicionado manualmente por um usuário ou reconhecido por machine learning no caso de conteúdos que sejam colocados na plataforma por fãs.

Dar os devidos créditos a conteúdos de terceiros é um problema recorrente de plataformas de streaming e de divulgação de conteúdos. O YouTube tem feito negociações para pagamento de royalties a compositores. Em 2016, pagou entre US$30 a US$40 milhões para a associação nacional de distribuidoras de músicas nos Estados Unidos por conta de direitos autorais a compositores.

Descrição da música Havana de Camila Cabello mostra detalhes da música (Foto: Captura/Youtube)
Descrição da música Havana de Camila Cabello mostra detalhes da música (Foto: Captura/Youtube)
Foto: Canaltech

A dificuldade principal é ter capacidade de reconhecer uma determinada música em um vídeo como propriedade intelectual de uma determinada empresa. Estes dados não costumam ser de fácil monitoramento. Com a nova ferramenta, é possível ter maior conhecimento da música que está sendo usada nas produções e assim facilitar o levantamento de dados.

A plataforma já reconhece grande parte das músicas utilizadas de forma indevida em vídeos na rede e chega a notificar canais sem direito de uso da trilha sonora. Contudo, alguns usuários possuem métodos de burlar o sistema de reconhecimento do YouTube, mudando velocidade e tonalidade de uma determinada trilha. A empresa, entretanto, rebate dizendo que tem trabalhado em melhorar este sistema.

A ferramenta "música neste vídeo" já está disponível tanto para versão web quanto mobile do YouTube.  

Canaltech Canaltech

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade