PUBLICIDADE

The Last of Us Part II é banido na Arábia Saudita

18 jun 2018 06h59
ver comentários
Publicidade

A data de lançamento de The Last of Us Part II ainda é desconhecida, mas os jogadores da Arábia Saudita já têm uma certeza: o título jamais será lançado por lá. Isso porque a Comissão Geral de Mídia Audiovisual do país, órgão responsável pela classificação indicativa, já anunciou que o próximo lançamento da Naughty Dog e da Sony está banido.

The Last of Us Part II
The Last of Us Part II
Foto: Canaltech

O motivo foi o novo trailer do game, exibido durante a E3 2018, que traz uma cena de beijo entre as personagens Ellie e Dina. As leis do país árabe impedem a demonstração de cenas de homossexualidade, o que levou a garantia de que o título será proibido por lá antes mesmo de seu lançamento e avaliação pelas autoridades competentes. É uma condição inegociável.

O usuário ToyGTone foi o responsável pela divulgação da informação. No Reddit, ele também citou uma reação mista entre os jogadores. Muitos deles teriam ficado surpresos ao verem a cena, pelo simples fato de que a DLC Left Behind, que revelou mais sobre a personalidade de Ellie ainda como extensão ao primeiro The Last of Us, foi banida no país pelo exato mesmo motivo. Muitos, afirmam ele, nem mesmo sabem que a expansão existe.

Outros, porém, comemoraram a decisão, que respeita as leis locais. Os direitos LGBT não são reconhecidos na Arábia Saudita e a demonstração de comportamento homossexual é considerada imoral, podendo ser punida com atos que vão desde multas até castigos corporais, prisão e execução.

A proibição do game afeta a PlayStation Network, impedindo o lançamento digital do game para o PS4, e também lojas físicas, significando que o jogo não será distribuído na Arábia Saudita. As leis, entretanto, não impedem a importação do título ou até mesmo o acesso às redes online de outros países, pelas quais o jogo pode ser adquirido e baixado normalmente.

Isso fez com que, de acordo com o usuário responsável pela informação, a maioria dos jogadores nem mesmo se importassem com o banimento. Eles estariam acostumados a verem jogos com altos índices de violência ou temática adulta sendo banidos do país e costumam importá-los a partir de países vizinhos ou até da Europa, bem como acessar lojas digitais internacionais quando um título está disponível apenas por meio da PSN.

Apesar das leis mais rígidas, a lista de jogos banidos na Arábia Saudita não é tão grande. A maioria dos jogos proibidos, como God of War, Wolfenstein, Grand Theft Auto e Heavy Rain, aparecem na relação por conterem cenas de nudez ou sexo. Outros jogos, como diferentes lançamentos de séries como Assassin's Creed, Call of Duty e South Park, também tiveram vendas impedidas de forma temporária ou permanente devido ao conteúdo ofensivo aos costumes do país ou representações do povo árabe vistas como "negativas".

Canaltech Canaltech
Publicidade
Publicidade