5 eventos ao vivo

Google vai acabar com a instalação manual de extensões do Chrome

12 jun 2018
15h23
  • separator
  • comentários

A fim de tornar as extensões do Chrome mais confiáveis, sem o risco de o usuário instalar extensões não confiáveis, a Google anunciou que vai "matar" a possibilidade de se instalar extensões manualmente. Em breve, somente será possível adicionar extensões ao navegador por meio da Chrome Web Store.

Chrome
Chrome
Foto: Canaltech

O bloqueio das chamadas instalações "inline" entrará em vigor em dezembro deste ano. Isso não significa que as extensões que você instalou "por fora" serão desativadas, no entanto: tudo o que você instalou continuará funcionando, mas, a partir desta data, não será mais possível adicionar extensões ao navegador que não tenham sido aprovadas para constar na loja oficial do Chrome.

É que a instalação inline, justamente pelo fato de tal extensão não ter sido analisada e liberada pela Google, pode representar problemas. Um desenvolvedor mal intencionado pode, por exemplo, dizer que a extensão executa funções "x", "y" e "z", mas, por baixo dos panos, abrigar arquivos maliciosos, que são instalados na máquina junto com a extensão. Além da questão de segurança, a Chrome Web Store exige que o desenvolvedor forneça capturas de tela e descrições detalhadas, não deixando o usuário sem saber exatamente o que está instalando.

"À medida em que tentamos resolver esse problema, aprendemos que as informações exibidas ao lado das extensões na Chrome Web Store desempenham um papel fundamental para garantir que os usuários possam tomar decisões acertadas sobre a instalação de uma extensão", disse a Google. "Quando instaladas através da Chrome Web Store, é muito menos provável que as extensões causem reclamações dos usuários, em comparação com as extensões instaladas inline", complementa a empresa.

As mudanças começarão a acontecer em três estágios, a partir de hoje (12), com aplicação final no mês de dezembro, com o lançamento do Chrome 71.

Canaltech Canaltech

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade