0

Facebook apagou 583 milhões de contas falsas no primeiro trimestre de 2018

15 mai 2018
14h30
  • separator
  • comentários

Um dos aspectos mais polêmicos do Facebook é a sua forma de lidar com conteúdos "proibidos" postados pelos usuários — algumas pessoas reclamam de suas políticas confusas, enquanto outras criticam a "preguiça" da rede social em agir rapidamente para remover postagens impróprias. Com o objetivo de provar que seus moderadores estão, de fato, trabalhando duro, a empresa resolveu divulgar um Relatório de Transparência dos Padrões da Comunidade.

Facebook
Facebook
Foto: Reprodução / Canaltech

O documento divulgado pelo serviço é extenso e detalhado, mas pontua algumas estatísticas bem interessantes. Só durante o primeiro trimestre deste ano, por exemplo, o Facebook já removeu 583 milhões contas falsas e excluiu 837 milhões de publicações categorizadas como spam. O mais curioso é que, em 98,5% dos casos, os algoritmos da rede social conseguiram identificar que havia algo de errado nos conteúdos antes mesmo que algum internauta fizesse a denúncia.

Outro dado revelado é a respeito de fotos e vídeos contendo nudez — foram apagados 21 milhões de conteúdos desse tipo. De acordo com o próprio Facebook, a rede social ainda enfrenta problemas apenas para detectar e lidar com discurso de ódio: apenas 2,5 milhões de postagens dessa categoria acabaram sendo removidas (e só 38% dos quais foram sinalizados pelos algoritmos automáticos).

"Acreditamos que o aumento da transparência tende a levar a uma maior prestação de contas e responsabilidade ao longo do tempo, e publicar essas informações nos levará a melhorar mais rapidamente. Estes são os mesmos dados que usamos para medir nosso progresso internamente — e agora você pode ver isso para acompanhar nosso progresso", afirmou a empresa.

Canaltech Canaltech

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade