PUBLICIDADE

Empresa cria sistema de realidade aumentada para peças de teatro

27 jun 2018 21h01
ver comentários
Publicidade

Imagine você em um teatro com óculos de realidade aumentada. Esta é a ideia do ARShow, uma startup de Israel que anunciou uma plataforma que usa a tecnologia para aprimorar shows e apresentações teatrais.

ARShow
ARShow
Foto: Captura/Vimeo / Canaltech

Segundo o CEO da empresa, Sasha Kreindlin, a ideia é inserir pequenos elementos durante a apresentação, mas não substituir o espetáculo em si. Atualmente, alguns artistas ou espetáculos usam projeções para compor a obra. Um deles, por exemplo, é o show de tributo à banda Queen, em que os artistas usam projeções de Fredy Mercury no palco. Contudo, o CEO informa que sua ideia vai além disso.

"Não é apenas projeção em 2D atrás do artista, mas com objetos 3D em um espaço virtual", explica Kreindlin. A ARShow entende que não é tão simples assim convencer produtores e diretores a abraçarem a ideia. Para isso, a empresa também tem artistas que já produzem ou digitalizam ambientes.

Por mais que possa parecer incoerente, a ideia pode ser rentável, mesmo que a empresa tenha que prover óculos de realidade aumentada para todos espectadores. Atualmente, algumas grandes peças viajam com grandes e caros equipamentos que compõem o cenário, o que pode ser feito digitalmente com a tecnologia.

Além de criar a arte, a empresa também tem um sistema operacional que identifica a posição de cada pessoa em um teatro e otimiza a realidade aumentada independente do assento em que o espectador estiver sentado.

Canaltech Canaltech
Publicidade
Publicidade