1 evento ao vivo

As Bitcoins já estão valendo US$ 15 mil

7 dez 2017
09h56
  • separator
  • comentários

A palavra "recorde histórico" perdeu completamente o sentido quando o assunto são as Bitcoins. As moedas virtuais batem marcas cada vez mais altas dia após dia e, somente uma semana depois de chegar aos US$ 10 mil, ultrapassaram a casa dos US$ 15 mil na noite desta quarta-feira (06).

Bitcoins
Bitcoins
Foto: público / Canaltech

O movimento de compra e venda cada vez mais acelerado leva a flutuações de valor que, apesar das quedas momentâneas, costuma seguir cada vez mais para o alto. A aceleração deu uma retraída na manhã desta quinta-feira (07), e no momento em que esta reportagem é escrita, as Bitcoins operam a US$ 14.785 a unidade, uma queda em relação ao que foi registrado no final da noite anterior, mas, ainda assim, uma valorização de 7,8% nas últimas 24 horas.

No Brasil, esse valor é equivalente a R$ 52.600. Também é hiperbólica a valorização do mercado como um todo, com o movimento acelerado registrado pelas Bitcoins levando o total das criptomoedas à marca dos US$ 252 bilhões. Enquanto isso, na soma de todas as modalidades de dinheiro virtual, o total é de mais de US$ 400 bilhões.

Entretanto, esse último número poderia ser bem maior, não fosse o fato de todos os olhos, por motivos óbvios, estarem voltados para as Bitcoins. O aumento nas negociações da modalidade levou a uma queda de interesse e morosidade em todos os outros mercados, com todas as principais alternativas, como Ethereum, Monero e outras, operando no vermelho por conta, simplesmente, de terem sido deixadas de lado nesse momento.

Na Coreia do Sul, a situação chega a ser ainda mais lucrativa, com muitos câmbios locais chegando a operar Bitcoins a um valor de até US$ 19 mil por conta de uma gigantesca movimentação no mercado. Muitos investidores do país, só agora, começaram a ver potencial na moeda, mesmo diante de sanções impostas por países próximos, como a China. A aceleração na região também tem contribuído bastante para a alta global.

Se muitos duvidavam que a marca dos US$ 10 mil seria batida antes do fim de 2017, agora a chegada aos US$ 20 mil nos próximos dias é quase uma certeza. Caso isso não aconteça ainda neste ano, 2018, efetivamente, será a vez da lucratividade, pois, no primeiro semestre, a Bolsa de Valores de Chicago, a Nasdaq e a CME, entre diversas outras firmas de investimento, lançarão opções baseadas na moeda virtual o que, para muitos investidores mais conservadores, é a chancela necessária para que a modalidade se torne mais uma opção. Os early adopters, principalmente, agradecem.

Canaltech Canaltech

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade