0

"Não fui vítima, também alimentei isso", diz Rafinha sobre Wanessa

1 fev 2013
19h47
atualizado às 20h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O humorista Rafinha Bastos repetiu o sucesso de sua palestra na Campus Party 2012 e superlotou o espaço do palco Gutenberg na edição deste ano do evento nesta sexta-feira. Rafinha e o apresentador da MTV e vlogueiro PC Siqueira comandaram um bate-papo informal e divertido com os campuseiros, respondendo perguntas sobre a produção na internet, a "cultura do processo" e a polêmica entre o humorista e a cantora Wanessa Camargo. "Eu não fui vítima. Eu também fiz parte disso. Eu também alimentei isso", afirmou sobre o caso.

Rafinha Bastos respondeu perguntas sobre a produção na internet e a polêmica com Wanessa Camargo
Rafinha Bastos respondeu perguntas sobre a produção na internet e a polêmica com Wanessa Camargo
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

O humorista comentou também sobre sua saída do CQC, logo depois da polêmica ao comentar a gravidez da cantora, quando delcarou ao vivo, durante uma edição do CQC em setembro de 2011, que "comeria ela e o bebê". Nesta sexta-feira, os desembargadores da 13ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiram que o feto de Wanessa não sofreu injúria de Rafinha. "Eu tenho um grande carinho pelo CQC, pelas pessoas que falaram bem e falaram mal. Eu saí porque eu quis. Falei em uma entrevista na TV Cultura que o programa ficou meio bundão, e isso não foi uma ofensa. Ficar ali seria um passo para trás e pisar no freio", afirmou.

Rafinha e PC Siqueira falaram sobre os processos que enfrentam. "Existe uma cultura do processo. A pessoa te processa em vez de te ligar, perguntar por que você fez isso", disse PC. Rafinha, no entanto, foi perdoado por um campuseiro de Rondônia durante a palestra. Em seu show de stand-up, Rafinha afirmava que as pessoas do Estados eram feias. "Eu queria te dizer que sou de Rondônia e não tenho nada contra você. Eu até concordo, tem muita gente feia lá", brincou.

"Eu tomei 12 processos em Rondônia com essa piada. Ganhei todos. Sabe por quê? Todos os processos vieram com foto", brincou.

Produção para internet
A dupla comentou também sobre o sucesso de vídeos no YouTube e o processo de produção e exibição. "Hoje, com R$ 25 mil você compra equipamento completo. Luz, câmera, microfone, para fazer um produto de qualidade", disse PC. Ele lamentou, no entanto, aplicativos que bloqueiam a exibição de anúncios antes dos vídeos. "Quando você bloqueia aquele anúncio, aquela exibição não vai reverter em nada para mim, que fiz o vídeo", disse.

"Pode ser mais confortável agora pular a propaganda, mas se todo mundo for esperto vai castrar a produção na internet", afirmou PC. "Se são só cinco segundo que vão ajudar na produção, o que custa dar um "skip" ("pular")? Se virar uma cultura, além de atrapalhar quem produz o vídeo, eventualmente vão cobrar para usar o YouTube", disse.

Campus Party Brasil 2013
A sexta edição da Campus Party Brasil, uma das maiores festas de inovação, tecnologia e cultura digital do mundo, acontece entre 28 de janeiro e 3 de fevereiro no Anhembi Parque, em São Paulo. Na Arena do evento, 8 mil pessoas têm acesso à internet de alta velocidade e a mais de 500 horas de palestras, oficinas e workshops em 18 temáticas, que vão desde mídias sociais e empreendedorismo até robótica e biotecnologia. Cinco mil desses campuseiros passam a semana acampados no local.

A 6ª edição traz ao Brasil nomes como o astronauta Buzz Aldrin, um dos primeiros homens a pisar na Lua, e o fundador da Atari, Nolan Bushnell. Em sua sexta edição em São Paulo, a Campus Party também teve no ano passado a primeira edição em Recife (PE). O evento acontece ainda em países como Colômbia, Estados Unidos, México, Equador e Espanha, onde nasceu em 1997.

Nas edições brasileiras anteriores, o evento trouxe ao País nomes como Tim Berners-Lee, o criador da Web; Kevin Mitnick, um dos mais famosos hackers do mundo; Al Gore, ex-vice-presidente dos Estados Unidos; Steve Wozniak, que fundou a Apple ao lado de Steve Jobs; e Kul Wadhwa, diretor-geral da fundação Wikimedia,que mantém a Wikipédia.

O Terra cobre o evento direto do Anhembi Parque e, além do canal especial Campus Party Brasil 2013, os internautas podem acompanhar as novidades pelo blog Direto da Campus. Para seguir a festa pelo Twitter, basta acompanhar a hashtag oficial do evento, #cpbr6.

 

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade