PUBLICIDADE

Business Intelligence e marketing: o casamento que deu certo

23 jun 2022 01h00
ver comentários
Publicidade
Eduardo Fonseca
Eduardo Fonseca
Foto: Divulgação

Em um mercado cada vez mais competitivo, recorrer a determinadas metodologias e ferramentas é o um bom caminho para estar um passo à frente de outros negócios. Dentre tantas possibilidades na nova era digital, o Business Intelligence, conhecido como BI, é fundamental para dar suporte às decisões estratégicas, fundamentadas a partir da coleta e análise de dados importantes para todos os canais que movem a empresa. Agora, imagina essa inteligência aliada com a área de marketing?

Mais do que qualquer outro segmento, o marketing precisa adotar ferramentas que proporcionem o uso inteligente de dados para que tenham ainda mais assertividade nas tomadas de decisão, eliminando surpresas desagradáveis no meio do caminho. Com isso, obter informações que são fornecidas por softwares e ferramentas analíticas eleva o nível de eficiência de qualquer time de marketing.

Conseguir identificar sua persona de forma rápida, analisar as movimentações da concorrência e do mercado são alguns pontos que não devem faltar na rotina do profissional de marketing: e nada melhor do que a tecnologia para reduzir esse “trabalhão”.

Além de proporcionar números interessantes, é preciso saber interpretá-los.  A expertise dos profissionais especializados em ferramentas de BI permite a coleta de informações relevantes e o cruzamento de dados que façam sentido para os negócios: não adianta varrer dados sem saber o que está se procurando. 

E eu não estou sozinho. O investimento em ferramentas tecnológicas baseadas na inteligência de dados já é uma tendência que antecede o cenário pandêmico e a busca por tecnologias que otimizem os processos nas organizações só aumenta.

É o que diz a pesquisa realizada pela empresa de consultoria global IDC, no qual os investimentos no mercado mundial em Business Intelligence e Analytics tiveram um aumento de 5,2% em relação ao período anterior à pandemia de Covid-19. 

Por fim, motivos para adotar Business Intelligence na sua empresa não faltam, ainda mais no segmento de marketing, que tem contribuído tanto no alcance da imagem da marca e na redução de custos, com campanhas mais direcionadas e assertivas. 

Ainda assim, podemos exaltar a qualidade das métricas, melhorias nos resultados de conteúdo e sobre a precisão do retorno de investimento. Seja em qualquer área, BI vêm para transformar os negócios, a ideia será sempre entregar a informação correta para a pessoa certa.

(*) Eduardo Fonseca é chief product officer e fundador da DIWE, empresa focada na Transformação Digital de companhias globais.

Homework Homework
Publicidade
Publicidade