0

Buser agora vende passagens de ônibus de rodoviária

Buser Passagens funciona como um marketplace para venda de passagens de ônibus de linhas regulares

13 jan 2021
13h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Mesmo quem não viaja de ônibus regularmente sabe que esse setor teve bastante agitação nos últimos meses por conta dos aplicativos de viagens. Mas alguns momentos de "paz" podem surgir daqui para frente: a Buser começou 2021 oferecendo um serviço de venda de passagens de empresas de ônibus que operam linhas rodoviárias. Trata-se da Buser Passagens.

Ônibus ligados à Buser (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Ônibus ligados à Buser (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Foto: Tecnoblog

A Buser continua promovendo viagens operadas por empresas de fretamento. A diferença é que, a partir de agora, os usuários também poderão encontrar na plataforma passagens de empresas que atuam em rodoviárias graças à implementação de uma espécie de marketplace.

Nesta fase inicial, a Buser Passagens opera com empresas que atuam no Distrito Federal e em cinco estados: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo. O plano é aumentar o número de estados atendidos ainda no primeiro trimestre de 2021.

As rotas já disponíveis via Buser Passagens são estas:

  • Bauru - Campinas - São Paulo - Santo André
  • Betim - Belo Horizonte - Brasília
  • Brasília - Goiânia - São José do Rio Preto - Araçatuba
  • Brasília - Taguatinga - Rio Verde - Campo Grande
  • Cuiabá - Campo Grande - Araçatuba
  • Goiânia - Campo Grande
  • São Paulo - Barretos - Olímpia
  • São Paulo - Ribeirão Preto
  • São Paulo - São José do Rio Preto
  • São Paulo - Uberaba - Uberlândia

Marcelo Abritta, CEO e cofundador da startup, explica que a Buser é sempre lembrada como a "Uber dos ônibus", mas passa a ter, com o marketplace, um modelo de negócio que lembra a 99, que oferece viagens tanto por carros de aplicativo quanto por táxi (a Uber também já trabalha com táxis, só para constar). "Agora a Buser passa a oferecer esses dois tipos de serviço, assim como faz a 99", afirma Abritta.

Ônibus no Terminal Rodoviário do Tietê (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Ônibus no Terminal Rodoviário do Tietê (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Foto: Tecnoblog

A empresa destaca que, ao comprar passagens rodoviárias via Buser, o usuário terá acesso aos recursos que já são oferecidos pela plataforma, como suporte 24 horas via chat e alterações ou cancelamentos de viagens sem custo.

Para uma etapa futura, o plano é fazer os veículos das empresas rodoviárias cadastradas na plataforma contarem com os recursos de segurança que já existem na frota operada por companhias de fretamento, como monitoramento de velocidade em tempo real e sensor de fadiga, que alerta a central da Buser se o motorista de um ônibus apresentar sinais de cansaço.

É inegável que a iniciativa é interessante, mas não dá para garantir que o marketplace, por si só, irá pôr fim à briga entre Buser e viações tradicionais. Pelo menos por ora, a Buser Passagens só conta com adesão de empresas relativamente pequenas, como Viação São Luiz e Viação Esmeralda. Não há nem sinal de grupos grandes, como Gontijo e JCA (Cometa, 1001, Catarinense e outras).

Buser agora vende passagens de ônibus de rodoviária

Veja também:

Como a Tesla fez de Musk a 2ª pessoa mais rica do mundo
Tecnoblog
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade