4 eventos ao vivo

Bug pode "zerar" relógio de computadores em 2038

Sistemas que funcionam em 32 bits podem contar a passagem do tempo apenas até 19 de janeiro de 2038

23 mai 2014
18h28
  • separator
  • comentários

Quem “sobreviveu” ao “bug do milêmio” pode passar por momentos de tensão semelhantes em 2038. Segundo informa a Business Insider, os sistemas que funcionam em 32 bits podem contar a passagem do tempo apenas até 19 de janeiro de 2038. Depois disso, ele “zeraria” e voltaria contar como se estive em 1º de janeiro de 1970, data inicial do primeiro sistema operacional Unix.

<p>Sistemas que funcionam em 32 bits podem contar a passagem do tempo apenas até 19 de janeiro de 2038</p>
Sistemas que funcionam em 32 bits podem contar a passagem do tempo apenas até 19 de janeiro de 2038
Foto: Pawel Kopczynski 21 / Reuters

A escolha dos 32 bits foi arbitrária na época e não levava em consideração que o maior número de segundos passados após a data inicial é de 2.147.483.647 – este é o maior número que pode ser representado em um sistema binário de 32 bits. Grande parte de computadores e smartphones funcionam neste sistema, mas temos ainda quase 24 anos pela frente para evitar o problema que deixou a população mundial tensa na virada de 1999 para 2000.

Alguns computadores e processadores já trabalham em 64-bits, então eles estariam livres da falha. No entanto, ainda é preciso atualizar softwares e aplicativos. A arquitetura de informação em 64 bits apenas adia a “zeragem” dos relógios, mas dá uma folga de bilhões de anos, de acordo com a publicação.

Do “tijolão” ao smartphone: veja 40 anos de evolução Do “tijolão” ao smartphone: veja 40 anos de evolução

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade