PUBLICIDADE

Bill Gates testa positivo para covid-19

Fundador da Microsoft anunciou em suas redes sociais que está com o vírus

12 mai 2022 15h21
ver comentários
Publicidade

Uma das vozes mais conhecidas nos alertas para o surgimento de novas pandemias, Bill Gates anunciou que testou positivo para covid-19. Em uma série de tuítes publicados na segunda, 10, Gates afirmou estar com sintomas leves e em isolamento de acordo com os protocolos de segurança.

O filantropo também aproveitou para agradecer aos funcionários da Fundação Bill e Melinda Gates e disse que a instituição está fazendo os devidos esforços para que não ocorra uma nova pandemia. No dia em que Gates anunciou estar doente, a fundação se reuniu presencialmente depois de dois anos e o fundador acompanhou o encontro por meio de uma videoconferência.

Segundo o bilionário, a contaminação ocorreu mesmo após ele ter recebido a terceira dose da vacina: "Felizmente estou vacinado e reforçado, tenho acesso a testes e a ótimos tratamentos médicos". O empresário foi um grande defensor da vacina e, durante a pandemia, se comprometeu a doar US$ 150 milhões para instituições que trabalhavam no desenvolvimento de vacinas contra a covid-19.

O empresário recebeu sua primeira dose aos 65 anos em janeiro de 2021. Na época, o fundador da Microsoft comentou sobre o benefício de estar na lista prioritária pela vacina e agradeceu aos médicos e cientistas que lutaram na linha de frente contra o covid-19.

Por ser um defensor da vacina, Gates virou alvo da extrema direita. O motivo foi a divulgação de uma palestra em 2015, na qual o empresário alertava que o maior risco para a humanidade era um vírus, e não uma guerra. O vídeo virou alvo de teorias conspiracionistas depois que Gates entrou em atrito com o então presidente Donald Trump em relação à pandemia. Na época, o empresário se disse surpreso com pessoas que acreditam em teorias "loucas" e "más" a seu respeito.

Estadão
Publicidade
Publicidade