10 eventos ao vivo

Bill Gates já criticou bitcoin, mas está mudando de ideia

Bill Gates, fundador da Microsoft, adota posição neutra diante do bitcoin (BTC) após historicamente criticar a criptomoeda

22 fev 2021
19h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Bill Gates, o fundador da Microsoft, falou sobre o bitcoin (BTC) e moedas digitais em duas entrevistas separadas na última quinta-feira (18). Na primeira, ele disse que o mundo estaria melhor sem inovações como criptomoedas por elas facilitarem algumas atividades criminosas. Porém, ele tomou um tom mais moderado durante um programa televisivo, quando afirmou que assumiu uma "posição neutra" diante do bitcoin e que apoia mover dinheiro para uma "forma mais digital e com menos custos de transação".

Bill Gates, fundador da Microsoft
Bill Gates, fundador da Microsoft
Foto: Greg Rubenstein/Flickr / Tecnoblog

Gates critica criptomoedas, mas recua

Durante entrevista para o The Wall Street Journal, Gates respondeu à pergunta: "Qual é a inovação tecnológica que o mundo estaria melhor sem?". O fundador da Microsoft prontamente se voltou às moedas digitais. "A forma como as criptomoedas funcionam hoje permite certas atividades criminosas. Seria bom se livrar disso".

Contudo, Gates recuou logo em seguida. "Eu provavelmente deveria ter dito armas biológicas. Isso é uma coisa muito ruim. Não deveríamos ter tecnologia para isso. Armas biológicas é a resposta certa", ele reformulou.

Posição neutra diante do bitcoin

No mesmo dia da publicação dessa entrevista, Bill Gates participou do programa "Squawk Box" da CNBC. Lá ele foi questionado novamente sobre criptomoedas, especificamente quanto ao bitcoin e seu papel nas mudanças climáticas, uma vez que a atividade de mineração consome muita eletricidade.

Gates respondeu de maneira curta e simples: "Não possuo bitcoin… então eu assumi uma posição neutra". Ele complementou dizendo que a criptomoeda pode "subir e descer apenas com base na euforia ou em quaisquer que sejam as visões (do mercado)". Ele então conclui que não tem "uma maneira de prever como isso irá progredir".

Microsoft apoia "forma digital" de dinheiro

Sem mencionar diretamente criptomoedas ou qualquer forma de moeda digital, Bill Gates também afirmou que a Microsoft apoia "mover dinheiro para uma forma mais digital e reduzir os custos de transação".

Ele complementa: "Isso é algo que a Fundação Gates faz nos países em desenvolvimento. Mas aí, nós fazemos isso para que se possa reverter o caminho das transações para que tenhamos visibilidade total de quem está fazendo o quê. Não se trata de evasão fiscal ou atividades ilegais."

Bill Gates criticava abertamente bitcoin em 2018

As novas falas de Gates mostram uma mudança de postura diante do bitcoin e das criptomoedas. Em 2018, ele criticou abertamente ativos digitais durante outra entrevista à CNBC.

"Como uma classe de ativos, você não está produzindo nada e, portanto, não deve esperar que se valorize", afirmou Gates na ocasião. Ele também disse que o bitcoin é um tipo de investimento da "teoria do maior tolo", que explica que um produto se precifica não por sua funcionalidade ou valor real, mas pela simples regra de oferta e demanda de um setor.

"Eu diminuiria (o preço) se houvesse uma maneira fácil de fazer isso", concluiu. O bitcoin estava sendo negociado por cerca de US$ 9.300 naquela época. Em comparação à cotação atual da criptomoeda, houve mais de 500% de valorização nesse intervalo de tempo.

Com informações: MarketWatch, CNBC, WSJ

Bill Gates já criticou bitcoin, mas está mudando de ideia

Veja também:

Por que o Facebook bloqueou conteúdos na Austrália?
Tecnoblog
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade