0

Áustria vai taxar gigantes da internet em 3% da receita com publicidade

10 jan 2019
16h33
atualizado às 16h36
  • separator
  • comentários

A Áustria anunciou nesta quinta-feira detalhes de um plano para taxar gigantes da internet como Amazon, Google, Facebook e Alibaba em 3 por cento de suas receitas com publicidade, acusando as companhias de não contribuirem com uma parcela justa no país.

Chanceler da Áustria, Sebastian Kurz, fala em coletiva de imprensa em Bruxelas. 4/12/2018. REUTERS/Eric Vidal.
Chanceler da Áustria, Sebastian Kurz, fala em coletiva de imprensa em Bruxelas. 4/12/2018. REUTERS/Eric Vidal.
Foto: Reuters

O anúncio veio semanas depois da Áustria não conseguir obter um acordo amplo da União Europeia sobre a criação de um imposto digital.

"Há uma injustiça tributária aqui", disse o chanceler Sebastian Kurz a jornalistas no início de uma reunião do governo. Ele acrescentou que grandes empresas internacionais pagam muito menos imposto que a média de companhias tradicionais.

Kurz afirmou que nenhuma companhia austríaca será atingida pela medida.

"Estou convencido que outros na Europa vão seguir nosso exemplo e isso vai levar a mais pressão para que haja uma solução europeia para a questão no final das contas", disse.

O imposto vai ser aplicado a companhias com faturamento global anual de 750 milhões de euros e receitas anuais na Áustria de 10 milhões de euros, disse o Ministério das Finanças, em comunicado.

"Se não houver um acordo político para a implementação de um imposto europeu digital, a Áustria vai implementar o pacote tributário em nível nacional, uma vez que o governo não quer esperar mais", afirmou o ministério.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade