0

Apple fará anúncio dia 25 e apostas indicam serviço de TV

Novo produto pode ser concorrência para a Netflix

11 mar 2019
17h26
atualizado às 17h35
  • separator
  • comentários

A Apple convidou a imprensa para um evento em 25 de março na sede da empresa da Califórnia, onde espera-se o anúncio de um serviço de transmissão de vídeo e conteúdo de TV.

Fontes haviam afirmado à Reuters que a Apple previa para abril o lançamento de um serviço de streaming de televisão que vai provavelmente incluir serviço de assinatura.

No convite, a Apple não especificou o assunto do evento e disse apenas: "É hora do show."

A líder de designer da Appe, Jen Folse, fala durante a Apple Worldwide Developer Conference (WWDC), na California. 4/6/2018.   REUTERS/Elijah Nouvelage
A líder de designer da Appe, Jen Folse, fala durante a Apple Worldwide Developer Conference (WWDC), na California. 4/6/2018. REUTERS/Elijah Nouvelage
Foto: Reuters

A indústria espera um serviço de vídeo da Apple há tempos. A empresa investiu 2 bilhões de dólares em Hollywood para produzir seu próprio conteúdo e ter estrelas como Oprah Winfrey. Fontes próximas do assunto afirmaram à Reuters que o serviço poderá revender assinaturas de programas de CBS, Viacom e Starz, além de ter seu próprio conteúdo original.

O serviço de TV da Apple deve ser lançado globalmente, uma ação ambiciosa para enfrentar rivais como Netflix e Prime Video, da Amazon.com. A loja de aplicativos da Apple, onde o serviço de TV provavelmente será distribuído, está disponível atualmente em mais de 100 países.

A receita potencial com um serviço de TV se tornou foco de investidores após a Apple divulgar em janeiro a primeira queda de vendas de iPhones durante as festas de fim de ano e afirmar que iria reduzir os preços do aparelho em alguns mercados para compensar mudanças cambiais.

A Apple está negociando para a HBO se tornar parte do serviço de televisão e um acordo pode sair a tempo do lançamento do produto, segundo uma fonte próxima do assunto.

Veja também:

As doenças contraídas por moradores que vivem em área alagada há mais de um mês em São Paulo
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • comentários
publicidade