0

Tecnologia

Apple alerta para trote que pode inutilizar iPhone e iPad

iStock

Mensagem falsa que circula nas redes sociais diz que mudar data dos aparelhos para 1º de janeiro de 1970 poderia desbloquear visual retrô.

18 fev 2016
11h54
atualizado às 12h05
  • separator
  • 0
  • comentários

A gigante de tecnologia Apple está alertando usuários de iPhone e iPad sobre uma propaganda enganosa na internet que poderia inutilizar permanentemente os dispositivos.

Uma mensagem que circula nas redes sociais diz que mudar a data dos aparelhos para 1º de janeiro de 1970 permitiria desbloquear um visual retrô ─ o que, na prática, não acontece.

A mudança de data poderia deixar o celular permanentemente congelado após ser religado.

O bug afeta iPad Air, Mini 2 e iPhones a partir da versão 5s.

A falha foi descoberta na semana passada, quando uma propaganda falsa circulou nas redes sociais incentivando as pessoas a mudar a data em iPhones 5s e em versões posteriores.

O propaganda enganosa dizia que os usuários poderiam desbloquear um visual retrô dos anos 70 caso mudassem a data de seus aparelhos.

De acordo com a Apple, qualquer dispositivo iOS com um processador de 64 bits pode ser afetado pelo problema.

Sendo assim, a falha abrange iPhones 5s, 6, 6 Plus, 6s e 6s Plus, além do iPad Air 2, iPad Mini 3 e 4, e a sexta geração do iPod Touch.

Bug afeta iPad Air, Mini 2 e iPhones a partir da versão 5s.
Bug afeta iPad Air, Mini 2 e iPhones a partir da versão 5s.
Foto: iStock

Solução

A Apple confirmou a falha em seu site, e disse que o problema seria solucionado em uma próxima atualização de seu sistema operacional, o iOS.

Para muitos usuários que acreditaram na propaganda, no entanto, a única solução foi a troca do aparelho.

Restaurar o dispositivo pelo iTunes, a loja virtual da Apple, também não funciona.

Alguns usuários relatam ter conseguido solucionar o problema ao remover a bateria, mas retirá-la pode danificar o dispositivo e anular a garantia.

 

Veja também:

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade