PUBLICIDADE

Anatel homologa pulseira da Xiaomi que pode ser Redmi Smart Band 2

Pulseira fitness da Xiaomi certificada pela Anatel pode ser sucessora de Redmi Band anunciada no começo do ano passado

11 out 2021 12h47
ver comentários
Publicidade

Xiaomi pode lançar uma nova pulseira fitness em breve. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) homologou, na semana passada, a possível Redmi Smart Band 2 a pedido da DL Eletrônicos. Espera-se que o wearable suceda a Redmi Band que foi anunciada no começo do ano passado com bateria de longa duração. 

Redmi Band lançada em abril de 2020
Redmi Band lançada em abril de 2020
Foto: Divulgação / Tecnoblog

A pulseira é reconhecida pelo modelo "M2101B1". Ela também já foi aprovada em outros países, como a Rússia, cuja certificação ainda menciona os termos "Smart band" e "Redmi". Na Indonésia, além da citação à marca "Redmi", o dispositivo com o mesmo código é apresentado como "Smart Band". Já a certificação Bluetooth descreve o gadget como "Sports Smart Band".

A documentação da Anatel ainda traz outros detalhes sobre o wearable. Além de a Xiaomi se enquadrar como a fabricante, a DL Eletrônicos aparece como a responsável pela solicitação do registro. O certificado de conformidade técnica também cita uma unidade fabril na China, recarga via USB e a conectividade Bluetooth 5.0 (LE).

Não há previsão de lançamento da suposta Redmi Smart Band 2.

Homologação da suposta Redmi Smart Band 2, da Xiaomi
Homologação da suposta Redmi Smart Band 2, da Xiaomi
Foto: Reprodução/Tecnoblog / Tecnoblog

Redmi Band, da Xiaomi, foi lançada no ano passado

A Redmi Band marcou sua estreia em abril de 2020. Naquela época, a Xiaomi apresentou uma pulseira fitness igual à Mi Smart Band 4C, que foi lançada em julho no Brasil. O dispositivo também tinha tela colorida de 1,08 polegada e bateria que prometia durar até 14 horas.

O wearable ainda trazia sensores para acompanhar o condicionamento físico. Além dos batimentos cardíacos e do sono, o wearable também monitorava exercícios. A pulseira do dispositivo tinha quatro opções de cores: azul, laranja, preto e verde.

A Xiaomi Redmi Band veio a público com o preço sugerido de 99 iuanes. O valor equivale a cerca de R$ 85 em conversão direta.

Colaborou: Everton Favretto

Anatel homologa pulseira da Xiaomi que pode ser Redmi Smart Band 2

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade