PUBLICIDADE

Allugator oferece investimento em iPhone 13 que rende 17% ao ano

Allugator procura investidores para comprar iPhones que serão alugados; rendimento pode chegar a 19% ao ano para quem investir mais de R$ 100 mil

27 out 2021 13h44
ver comentários
Publicidade

A Allugator é uma empresa de assinatura de eletrônicos que aluga smartphones, consoles e acessórios. A startup passará a disponibilizar o iPhone 13 entre suas opções. Por isso, ela procura investidores para comprar os produtos. A rentabilidade oferecida fica entre 17% e 19% ao ano, e o aporte mínimo é de R$ 25 mil.

iPhone 13
iPhone 13
Foto: Reprodução / Apple / Tecnoblog

Os juros do investimento começam em 17% e podem ser recebidos em prestações mensais ou ao final do período de aplicação, como o cliente preferir. Os 25 primeiros investidores terão juros de 18% ao ano, e quem investir mais de R$ 100 mil receberá 19% ao ano.

A companhia fala em rendimentos de 300% do CDI, taxa de juros que fica muito próxima da Selic -- que, por sua vez, está em 6,25% ao ano e deve subir nesta quarta-feira.

Em comunicado, a Allugator Invest — braço de investimentos da startup — explica que, com a aplicação, compra um cota de produtos, que serão alugados para clientes durante 30 meses. No fim do período, os artigos são revendidos e o valor volta para as mãos de quem colocou o dinheiro. Os lotes estarão disponíveis até essa quinta-feira (28).

Patrimônio da Allugator entra como garantia

Em seu site, a Allugator Invest explica que emite uma Cédula de Crédito Bancário (CCB) em nome do investidor. A empresa diz ainda que seu patrimônio, o dos sócios e os próprios aparelhos alugados servem como garantia do dinheiro aplicado.

A companhia acrescenta que seus clientes passam por um processo de análise de crédito e precisam pagar antes de receberem os aparelhos, reduzindo o risco de inadimplência.

iPhone 13
iPhone 13
Foto: Divulgação / Apple / Tecnoblog

Nós já falamos anteriormente sobre o investimento em iPhones. Em agosto, a Allugator oferecia entre 11% e 18% ao ano para quem aplicasse R$ 25 mil.

Vale lembrar que o CDI anda junto com a Selic, taxa básica de juros da economia brasileira. A expectativa do mercado é que a Selic esteja em 8,50% ao ano no fim de 2021 e 9,25% ao ano no fim de 2022.

Títulos prefixados do Tesouro Direto -- que contam com garantia do Tesouro Nacional e têm risco bem mais baixo -- estão pagando cerca de 12% ao ano.

Aluguel de eletrônicos é tendência

O aluguel do iPhone 13 de 128 GB pela Allugator sai por R$ 3.037,15 no plano de 12 meses, que podem ser pagos em até três vezes sem juros ou em 12, com acréscimo. O produto entregue é novo e vem lacrado, e o serviço inclui proteção contra furto e roubo.

O preço sugerido do iPhone 13 no site da Apple é de R$ 7.599, mas já é possível encontrá-lo por cerca de R$ 6.700 em outras lojas.

A Allugator também conta com outros produtos, como PlayStation 4, PlayStation 5, Nintendo Switch, Galaxy Buds, AirPods e AirPods Pro, além de mais modelos das linhas iPhone 13, 12 e 11.

PlayStation 5
PlayStation 5
Foto: Vivi Werneck/Tecnoblog / Tecnoblog

Com preços de eletrônicos cada vez mais altos no Brasil, o aluguel virou uma saída para quem não tem todo o dinheiro para comprar ou sabe que não vai usar o aparelho por muito tempo, como no caso de câmeras e videogames.

Outra empresa do ramo é a Alugueria. Ela disponibiliza eletrônicos como consoles, câmeras, notebooks, projetores e aparelhos de som, além de itens variados como malas, ferramentas, equipamentos de academia e jogos de videogame em mídia física. O período mínimo é de três dias, e a empresa atende Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC) e Rio de Janeiro (RJ).

Allugator oferece investimento em iPhone 13 que rende 17% ao ano

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade