0

40% das televisões Samsung devem ser de tela curva em 2015

Atualmente, dos 54 dos produtos em catálogo, 14 (algo em torno de 20%) são curvos

24 nov 2014
16h08
atualizado às 16h28
  • separator
  • 0
  • comentários

A Samsung deve apostar ainda mais em 2015 nas televisões de tela curva. Em um encontro com a imprensa na tarde desta segunda-feira, a companhia revelou que o portifólio de TVs 2015 deve ter 40% de aparelhos curvos no Brasil.

Diretor de marketing da empresa, Roman Cepeda, mostrou os dados de crescimento da empresa em 2014 ante 2013
Diretor de marketing da empresa, Roman Cepeda, mostrou os dados de crescimento da empresa em 2014 ante 2013
Foto: Henrique Medeiros / Terra

Atualmente, a empresa possui 54 produtos em catálogo. 14 deles (cerca de de 20%) são curvos.

Ainda de acordo com dados expostos pela companhia à imprensa, as vendas de TVs no primeiro semestre de 2014 tiveram o mesmo volume de todo o ano de 2013, e no segundo semestre, houve um acréscimo de 30% em relação ao mesmo período do ano passado.

O gerente de produto da Samsung, João Paulo de Oliveira Rezende, também revelou que o crescimento – em grande parte pelo período de vendas da Copa do Mundo – mostra que as TVs Smart da companhia sul-coreana (com conexão à internet e multifuncionalidades) já “vendem mais que as TVs normais”.

Outro destaque nas vendas são as TVs de 39 a 42 polegadas, que lideraram a preferência entre os brasileiros em 2014.

A empresa não revelou os dados de vendas específicos, como crescimento e comparativos.

Guia de TV Guia de TV

Galaxy S5 e smartphones em 2015
Outro carro-chefe da empresa sul-coreana, os smartphones da Samsung ainda são vistos como os principais produtos. Questionado se o Galaxy S5 teve um desempenho mais fraco que o Galaxy S4, como apontou uma reportagem do The Wall Street Journal esta manhã, o diretor da divisão de aparelhos móveis, Roberto Sobol, afirma que no Brasil o cenário foi positivo.

“No Brasil, o (Galaxy) S5 teve uma resposta melhor que o (Galaxy) S4”, disse Sobol. “Vemos hoje, 2014, uma curva em crescimento neste setor. Em 2013, a linha de celulares high-end (carro-chefe) era decrescente. Agora, vemos um crescimento no setor entre os celulares na média até R$ 800 e um leve acréscimo nos celulares acima de R$ 1 mil”, explica.

O sentimento da mudança da preferência do consumidor, por produtos mais tecnológicos é compartilhado pelo diretor de marketing da empresa, Roman Cepeda. “O consumidor mudou. Hoje todo mundo tem sua própria tela, seja no smartphone, tablet, wearable ou TV”, afirma o executivo. “Todo mundo está conectado. E o crescimento da internet está mudando o padrão do consumidor”.

Galaxy ou iPhone? Compare smartphones topo de linha Galaxy ou iPhone? Compare smartphones topo de linha

Projeto 2020
A Samsung ainda mostrou as informações para o seu ambicioso plano de crescimento até 2020, quando a empresa planeja chegar aos US$ 400 bilhões em vendas. Atualmente, a firma com sede em Seul, capital da Coréia do Sul, possui uma média anual de vendas de US$ 217 bilhões.

Para isso, a empresa pretende atingir o patamar das cinco empresas mais valiosas do mundo pelo ranking da Interbrand - liderado pela Apple, a Samsung ficou em sétimo lugar neste ranqueamento em 2014.

Com 286 mil funcionários no mundo e presente em 80 países, a companhia sul-coreana possui 12 mil funcionários no Brasil.  

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade