PUBLICIDADE

Rainha Elizabeth cancela participação na COP26

26 out 2021 18h02
| atualizado às 18h16
ver comentários
Publicidade

Palácio de Buckingham informa que a monarca, de 95 anos, seguirá conselho médico para repousar e não vai à Escócia para a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas.A rainha Elizabeth 2ª cancelou seus planos de ir à Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), a ser realizada em Glasgow na Escócia. O Palácio de Buckingham informou nesta terça-feira (26/10), que a monarca seguirá o conselho de seus médicos para repousar, apenas alguns dias depois de ter passado a noite em um hospital para exames.

Rainha Elizabeth celebra no próximo ano seu Jubileu de Platina, por 70 anos no trono
Rainha Elizabeth celebra no próximo ano seu Jubileu de Platina, por 70 anos no trono
Foto: DW / Deutsche Welle

A rainha, de 95 anos, comunicou que "lamentavelmente'' decidiu que não irá mais viajar para Glasgow para comparecer à recepção a líderes mundiais em 1º de novembro.

A COP26 está agendada para ocorrer de 31 de outubro a 12 de novembro.

O herdeiro do trono, príncipe Charles, deve participar da COP26 com sua esposa, Camilla, assim como o príncipe William e a duquesa Kate. A realeza britânica tem se expressado repetidamente nas últimas semanas e meses a favor de uma proteção climática mais enérgica.

"Sua majestade está desapontada por não comparecer à recepção, mas irá fazer um discurso aos delegados reunidos, por meio de uma mensagem gravada em vídeo'', afirmou o Palácio de Buckingham.

A notícia foi anunciada depois que a soberana realizou audiências virtuais nesta terça-feira no Castelo de Windsor. A soberana cumprimentou os embaixadores da Coreia do Sul e Suíça durante sua primeira aparição auxiliada por tecnologia desde que foi levada ao Hospital King Edward 7°, de Londres, em 20 de outubro para "exames preliminares''. Ela voltou à sua residência, o Castelo de Windsor, na hora do almoço no dia seguinte e tem assumido tarefas leves desde então.

Descanso após série de eventos

A rainha passou por exames médicos após ter cancelado uma viagem agendada para celebrar os 100 anos da criação da Irlanda do Norte, e Buckingham disse que ela havia aceitado "relutantemente" o conselho médico para descansar alguns dias. O assunto não está relacionado à covid-19.

Os médicos da rainha pediram que ela descanse na semana passada após a monarca ter participado de uma série de eventos agitados, incluindo audiências com diplomatas, uma recepção no Castelo de Windsor para líderes empresariais globais e corridas de cavalos em Ascot.

A visita dela ao hospital na semana passada ocorreu em meio a uma inquietação geral sobre a saúde da rainha. Dias antes, ela foi vista usando uma bengala em uma missa na Abadia de Westminster que marcava o centenário do Royal British Legion, uma instituição de caridade das Forças Armadas.

Embora ela já tenha usado uma bengala em 2003, na ocasião, ela tinha sofrido uma cirurgia no joelho. O marido da rainha, o príncipe Philip, morreu em abril de 2021, aos 99 anos. Elizabeth desfrutou de uma saúde robusta ao longo de sua vida, tornando-se a monarca de mais longo reinado do Reino Unido. Ela está prestes a celebrar seu Jubileu de Platina - 70 anos no trono - no próximo ano.

md (AP, DPA)

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
Publicidade
Publicidade