PUBLICIDADE

INMET emite quatro alertas e coloca RS em alerta máximo

A maioria dos municípios gaúchos está sob risco de alagamentos, quedas de galhos de árvores, cortes de energia e descargas elétricas

17 jun 2024 - 08h45
(atualizado às 09h00)
Compartilhar
Exibir comentários

Quatro alertas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) colocam o Rio Grande do Sul em estado de alerta máximo nesta segunda-feira (17/06). As previsões indicam chuvas intensas, tempestades com granizo e ventos fortes, que podem chegar a 100 km/h, em diversas regiões do estado.

Foto: Alex Rocha/Arquivo PMPA / Porto Alegre 24 horas

A maioria dos municípios gaúchos está sob risco de alagamentos, quedas de galhos de árvores, cortes de energia e descargas elétricas. Áreas do Noroeste, Nordeste, Centro, Serra, Sudeste, Região Metropolitana e Sudoeste do RS, além de partes de Santa Catarina e Paraná, também podem ser afetadas.

O primeiro alerta, de nível amarelo, já está em vigor desde às 21h de domingo (16/06) e segue até às 10h desta segunda-feira. Ele abrange 292 municípios e prevê chuvas de 20 a 30 mm/h, podendo chegar a 50 mm no dia, com rajadas de vento entre 40 e 60 km/h.

Um segundo alerta, também de nível amarelo, foi emitido na manhã de hoje e estará em vigor entre 10h e 23h59min de segunda-feira. As áreas mais afetadas serão as regiões Central, Metropolitana, Noroeste, Nordeste, Sudeste e Sudoeste do RS, com chuvas de 20 a 30 mm/h, podendo chegar a 50 mm no dia, e ventos de até 60 km/h.

Os alertas mais graves, de nível laranja, indicam perigo de tempestades com granizo. O primeiro, válido até às 10h de segunda-feira, abrange 178 municípios, principalmente nas regiões Noroeste, Nordeste e Sudeste próximos à divisa com Santa Catarina. Neste caso, as chuvas podem chegar a 60 mm/h, com rajadas de vento entre 60 e 100 km/h.

O segundo alerta de nível laranja, válido entre 10h e 23h59min de segunda-feira, amplia a área de risco para 306 municípios do RS, incluindo as regiões da Serra, Noroeste, Metropolitana, Nordeste, Centro e Sudoeste, além de áreas de Santa Catarina. As chuvas podem ser ainda mais fortes, com volumes entre 30 e 60 mm/h, podendo chegar a 100 mm/dia, e ventos de 60 a 100 km/h, com granizo.

Recomendações:

  • Evite áreas de risco: encostas, rios e áreas alagadas.
  • Se estiver em casa: permaneça em local seguro durante as tempestades, longe de janelas e portas.
  • Em caso de emergência: ligue para 190 ou 199.

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul pede cautela à população e reforça a importância de se manter informada sobre as condições climáticas.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade