2 eventos ao vivo

PRB decide apoiar reeleição de Rodrigo Maia na Câmara; PSDB sinaliza apoio

PRB desiste de lançar João Campos no pleito e tucano diz que 'proximidade natural' com atual presidente da Câmara deve manter voto em Maia

2 jan 2019
17h20
atualizado às 17h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O líder do PRB na Câmara, o deputado Jhonatan de Jesus (RR), confirmou que a legenda vai apoiar a candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Casa na nova legislatura. Com isso, o deputado João Campos (PRB-GO), que estava concorrendo à mesma vaga, desiste do pleito. "João estava tentando viabilizar a candidatura acreditando que seria o candidato do governo", disse Jhonatan ao Broadcast. "Agora, ele fica sem sustentação". Na manhã desta quarta-feira, 2, o partido de Jair Bolsonaro, o PSL, anunciou apoio a Maia.

Para apoiar a candidatura, o partido ainda deve negociar posições estratégicas na Casa, entre elas, a primeira vice-presidência da Câmara. Jhonatan disse que chega à Brasília amanhã para conversar com o democrata sobre estas articulações.

O líder da legenda disse que a decisão de João Campos deixar a disputa foi tomada nesta manhã, em comum acordo. Eles se falaram ao telefone. "A conversa foi com a maior tranquilidade de sempre. João entendeu numa boa", disse Jhonatan.

João Campos havia assinado um acordo de apoio mútuo com outros quatro candidatos à presidência da Câmara opositores de Maia, no dia 12 de dezembro. No pacto, eles se comprometem a apoiar qualquer um do grupo que fosse ao segundo turno, em uma clara uma tentativa de combater o democrata. No grupo estavam, além de João, Fabio Ramalho (MDB-MG), Alceu Moreira (MDB-RS), João Henrique Caldas (PSDB-AL) e Capitão Augusto (PR-SP).

Sobre esta questão, Jhonatan disse acreditar que João Campos deve "seguir a orientação do partido".

Mais cedo, o presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), confirmou apoio da legenda à candidatura de Maia. Em troca, Maia se comprometeu a entregar ao PSL o comando de duas comissões importantes, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e Finanças e Tributação (CFT), além da 2° vice presidência da Câmara.

"Tendência é apoiar Maia", diz líder do PSDB

Depois de conseguir o apoio do PSL à sua reeleição na Câmara, o deputado Rodrigo Maia já costurou também um acordo com o PSDB. "A nossa proximidade natural é com o Rodrigo. A tendência do PSDB é ir com ele", disse ao Estadão/Broadcast Político o líder dos tucanos na Casa, deputado Nílson Leitão (MS). Nas eleições do ano passado, o PSDB elegeu 29 deputados federais.

Na avaliação de Leitão,o apoio do PSL pavimentou o caminho para a vitória de Maia na eleição da Mesa Diretora, no dia 1° de fevereiro. Após o anúncio do apoio do PSL, o PRB deve desistir da candidatura de João Campos (PRB-GO) para também apoiar Rodrigo Maia.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade