1 evento ao vivo

Xi e Trump cogitam impor sanções à Coreia do Norte por meio da ONU, diz Casa Branca

18 set 2017
15h03
  • separator
  • comentários

O presidente da China, Xi Jinping, e seu colega norte-americano, Donald Trump, conversaram sobre manter a pressão contra a Coreia do Norte com sanções econômicas impostas por meio da Organização das Nações Unidas (ONU), disse a Casa Branca em um comunicado nesta segunda-feira.

Presidentes dos EUA, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, se reúnem em Hamburgo
08/07/2017 REUTERS/Saul Loeb, Pool
Presidentes dos EUA, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, se reúnem em Hamburgo 08/07/2017 REUTERS/Saul Loeb, Pool
Foto: Reuters

Os Estados Unidos e a Coreia do Sul, e separadamente a Rússia e a China, realizaram exercícios militares como uma demonstração de força contra Pyongyang, que desafiou resoluções do Conselho de Segurança da ONU conduzindo testes nucleares e de mísseis balísticos.

Trump e Xi conversaram por telefone dias depois de o presidente dos EUA e seus assessores debaterem publicamente uma ação militar em potencial contra a Coreia do Norte. Na sexta-feira, ao discursar em uma base militar nos arredores de Washington, Trump disse estar "mais confiante do que nunca de que nossas opções para lidar com esta ameaça são ao mesmo tempo eficientes e esmagadoras".

Trump está participando da Assembleia Geral da ONU em Nova York nesta semana, mas Xi não. A ameaça nuclear norte-coreana deve ter destaque na pauta do encontro.

Os dois líderes também debateram a visita do líder norte-americano à China, que deve acontecer em novembro, disse a agência de notícias Xinhua.

"Xi disse que a China e os Estados Unidos compartilham grandes interesses em comum e que viram um ímpeto firme nos contatos e na cooperação em várias áreas na atualidade", afirmou a Xinhua.

Xi pediu que os dois lados trabalhem intensamente para fazer com que a viagem seja frutífera e injete um novo ânimo no desenvolvimento das relações bilaterais, segundo a reportagem.

"O líder chinês disse estar contente de manter comunicações com o líder dos EUA de forma constante a respeito de tópicos de interesse mútuo".

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • comentários
publicidade